O maior canal de informação do setor

Butantan desmente vídeo em que médico relata não ter produzido anticorpos após se vacinar com a CoronaVac

109

O Instituto Butantan desmentiu o vídeo de um médico de Divinópolis, região centro-oeste de Minas Gerais, em que ele relata não ter produzido anticorpos após se vacinar com a CoronaVac. Segundo publicação da instituição, esse tipo de ação é um ‘desserviço à saúde’ e testes sorológicos não servem para avaliar proteção, contra a Covid-19.

Veja também: Aumento da vacinação contra a Covid complica teste de novos imunizantes, como a Butanvac

É Fake News, um desserviço à saúde, o vídeo que circula nas redes em que um homem afirma não ter gerado anticorpos contra a Covid-19 seis meses depois de ter tomado a Coronavac. Testes sorológicos não servem para avaliar proteção, contra a Covid-19, como já alertou a Anvisa. pic.twitter.com/vgNKIs6ZAa

– Instituto Butantan (@butantanoficial) July 14, 2021

Siga nosso Instagram

O médico Delano Santiago por ser da linha de frente contra a Covid-19 tomou a primeira dose do imunizante no início do mês de janeiro e após 21 dias tomou a segunda dose. No vídeo ele explica que realizou o exame de ‘titulação de anticorpos neutralizante’ seis meses pós vacina e o resultado apresentado foi de 10% na produção de anticorpos. ‘Eu não adquiri anticorpos contra o coronavírus mesmo após vacinado com a CoronaVac. Então, eu estou exigindo uma nova vacinação por direito’.

Fonte: Jornal Opção

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação