O maior canal de informação do setor

Camilo assina termo para ampliar parceria com Fiocruz na criação da vacina cearense contra Covid

155

O governador Camilo Santana (PT) assinou nesta quinta-feira (5) um acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para a produção da vacina contra a Covid-19 que está sendo desenvolvida pela Universidade Estadual do Ceará (Uece). Não há prazo definido para conclusão do desenvolvimento do imunizante.

A Uece vai contar com o suporte da Fiocruz na realização de ajustes solicitados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na fase de testes em animais da vacina cearense 2H120 Defense. Segundo o governo do estado, isso se faz necessário para que os pesquisadores possam solicitar a autorização para testes em humanos.

“Nós vamos assinar dois termos de cooperação técnica para ampliar as parcerias que já temos com a Fiocruz no estado do Ceará na área da pesquisa, na área da ciência, inclusive com informações e transferência de informações de dados entre a Fiocruz e o estado do Ceará, sempre buscando soluções na área da saúde. E também assinar um termo de cooperação para a vacina da Uece que está em andamento pelos pesquisadores aqui da universidade”, disse Camilo Santana.

O documento também foi assinado pela presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, que participou de uma live no perfil do governador Camilo Santana, onde a novidade foi anunciada. Nísia agradeceu ao impacto que a vacina que está sendo desenvolvida no Ceará vai trazer para o país.

Atualmente, a Fiocruz tem uma sede no Ceará, com um complexo na cidade do Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza.

“A Fiocruz montou aqui no Ceará um dos maiores laboratórios de testagem de Covid-19 que atende todo o Nordeste e vários estados brasileiros”, afirmou Camilo.

Fonte: G1

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/fiocruz-brasilia-debate-inteligencia-artificial-e-desigualdades-em-saude/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação