O maior canal de informação do setor

China dá exemplo de inovação com farmácias digitais

2.636

China dá exemplo de inovação com farmácias digitaisComo duas gigantes do varejo farmacêutico chinês estão lidando com a oferta de serviços aliados ao uso de tecnologia como diferencial competitivo? Pioneira no conceito de conciliar internet com medicina, a 111 construiu a maior plataforma digital de saúde da China, integrando todas as pontas da cadeia, começando pela cobertura de 280 mil farmácias em todo o país por meio da 1 Drugstore. Em algumas cidades, a 111 cobre mais de 63% das farmácias de varejo.

A empresa também conta com o 1 Clinic, um centro médico virtual que oferece consultas online, serviço de prescrição eletrônica e de gerenciamento de pacientes crônicos. Além disso, o grupo possui uma atacadista 1 Drug Mall, que atua como um balcão virtual que permite a aquisição de uma vasta seleção de medicamentos. Com a maior rede de farmácias online da China, a 111 permite que lojas físicas atendam melhor seus clientes com serviços baseados em nuvem.

A 111 fornece ainda uma plataforma de comercialização de medicamentos omnichannel para seus parceiros estratégicos, que inclui serviços como marketing digital, educação do paciente, análise de dados e monitoramento de preços. Em setembro, a empresa fechou uma parceria com a Xiangxue Pharmaceutical para comercialização do amplo portfólio de produtos da farmacêutica a fim de impulsionar o crescimento da medicina tradicional chinesa.

Maior canal de varejo farmacêutico chinês

Aproveitando a força da cadeia de suprimentos da JD.com, a JD Health concentra hoje mais de 15% do varejo farmacêutico online do país. Há quatro anos, a empresa lançou a JD Pharmacy. Ao longo desse período, a taxa de crescimento tem sido quatro vezes superior à média do setor.

O surto de Covid-19 serviu de teste para o comércio eletrônico de produtos farmacêuticos e serviços médicos pela internet. Como parte importante da JD Health, a JD Pharmacy não só garantiu a circulação e o fornecimento de medicamentos na China durante a epidemia, como também resolveu os desafios para pacientes com doenças crônicas que precisavam revisitar e renovar as prescrições em todo o país.

Robô autônomo

No início deste ano, a empresa implantou a versão 4.0 do primeiro robô de entrega autônomo do mundo a ser colocado em vias públicas sem interação humana, em Wuhan, o epicentro da pandemia na China. Durante sua implantação de 107 dias, o robô foi usado para fazer entregas sem contato com hospitais em um esforço para reduzir a contaminação cruzada. Ele viajou mais de 6.800 quilômetros e entregou mais de 13 mil encomendas.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/10/31/as-10-empresas-de-biotecnologia-mais-cobicadas-pela-industria-farmaceutica/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação