O maior canal de informação do setor

Cicatrizes: conheça os tratamentos

197

Ter pelo menos uma cicatriz não é nada anormal. Esses sinais causados por cirurgia, tombos e até mesmo acne podem assumir características variadas.  Normalmente, a sua forma dependerá da localização, trauma ou profundidade da lesão.

A cicatrização é um processo considerado um pouco complexo, pois é o resultado da formação de um novo tecido. A evolução normal das fases de cicatrização, geralmente resulta em uma cicatriz final com bom aspecto estético e funcional, entretanto, qualquer interferência nesse processo pode levar à formação de cicatrizes esteticamente e funcionalmente inadequadas, alargadas e pigmentadas.

Há diversos tipos de cicatrizes, cujos principais são: Cicatriz Hipertrófica, com textura elevada, avermelhada, mas não vai além da lesão; Cicatriz Atrófica que deixa uma espécie de buraco, pois é ocasionada pela perda das estruturas subjacentes que apoiam a pele e Queloide que, geralmente, se estende além da lesão e possui um aspecto em alto relevo, resultado de um processo de cura agressivo.

Tratamento

As cicatrizes podem causar um grande incômodo e dependendo da localização, tamanho e aspecto, prejudica a autoestima e autoconfiança do indivíduo. Mas, a boa notícia é que atualmente existem diversas técnicas que melhoram o aspecto das cicatrizes.

Como as formas das cicatrizes são variáveis, os tratamentos para cada uma delas também podem ser distintos. Para as Cicatrizes Hipertróficas, por exemplo, há opções como: curativos compressivos, placas de silicone, produtos tópicos, injeções de corticoides e, dependendo da gravidade, cirurgia de reparo da cicatriz associada a outros tratamentos, com a finalidade de prevenir o ressurgimento de novas cicatrizes.

No caso de Queloides, os tratamentos podem ser os mesmos que os das Cicatrizes Hipertróficas, como também: crio cirurgia, com a utilização de nitrogênio em temperaturas muito baixas e radioterapia com efeitos superficiais, somente na pele.

Correção Cicatricial

Atualmente, a cirurgia plástica chamada de Correção Cicatricial é umas das técnicas mais utilizadas e eficazes para melhorar a condição ou a aparência de uma cicatriz, que não tenha sido resolvida por meio de outros tratamentos. A finalidade da técnica é corrigir irregularidades na textura, tamanho ou cor, proporcionando à pele um aspecto mais uniforme.

Durante a cirurgia, a cicatriz é retirada completamente e no local são dados pontos internos. O mais importante para que a Correção Cicatricial tenha êxito, é seguir corretamente as orientações médicas pós-cirúrgicas que em geral recomendam: interromper atividades físicas intensas por no mínimo sete dias, não se expor excessivamente ao sol durante 30 dias, principalmente o local da cicatriz, e utilizar filtro solar, mesmo depois da cicatrização completa.

Tem interesse em algum desses procedimentos? Marque a sua consulta e descubra qual é o melhor método para o seu tipo de cicatriz!

Fonte: Dr. Rodrigo Nascimento

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação