fbpx

Coalizão de hospitais vai testar antivirais contra Covid

Antivirais – A Coalizão Covid-19, que reúne alguns dos principais hospitais do país, começará a testar quatro antivirais para o tratamento dos doentes infectados pelo novo coronavírus.

Siga nosso instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

NO VIDRO

Medicamentos como Daclatasvir e Sofosbuvir, usados para hepatite C, Atazanavir, que trata HIV, e Favipiravir já desenvolveram atividade contra o coronavírus em laboratório —e vão ser agora testados em ensaios clínicos, ou seja, em pacientes.

NA VIDA

A pesquisa será feita em parceria com a Fiocruz —um de seus cientistas, Thiago Moreno Souza, testou três das drogas in vitro. Elas foram usadas também em um ensaio clínico no Irã, feito por pesquisadores do Reino Unido e da Austrália.

PASSOS

No Brasil, os testes serão feitos em 900 pacientes. Na primeira fase, cada medicamento será dado separadamente. Depois, as drogas mais eficientes serão ministradas de forma combinada.

PASSOS 2

A Coalizão Covid-19, integrada pelos hospitais Albert Einstein, Sírio-Libanês, HCor, Moinhos de Vento, BP, Oswaldo Cruz, BRICNet e pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa Clínica, já levantou US$ 150 mil para o projeto, que custará, no total, US$ 500 mil.

Fonte: cennoticias

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/06/30/dependencia-externa-preocupa-industria-farmaceutica/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra