fbpx
O maior canal de informação do setor

Consórcio importará 66 mi de doses da Sputnik V

224

Presidente do Consórcio Nordeste, o governador Wellington Dias (PT) indicou na quinta-feira (08) que um grupo de líderes do Nordeste e Norte pretende importar 66 milhões de doses do imunizante russo Sputnik V. “Há um processo da licença de importação dos Estados, encabeçado pelo Consórcio Nordeste com a participação de alguns Estados do Norte. O que queremos é o cumprimento da lei 124 de 2021, que reconhece a calamidade, precisando de mais vacina, onde é possível a autorização emergencial”, disse.

A lei citada pelo governador piauiense concede a possibilidade da utilização de vacinas já aprovadas por órgãos reguladores de outras nações, acelerando o processo de liberação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Cada semana que a gente atraso, é um atraso também na entrega, que precisa dessa autorização para sair da Rússia e vir para o Brasil”, reverberou.

Sobre a possibilidade de acionar o Supremo Tribunal Federal (STF), Wellington Dias citou que fará o que ‘for necessário’. “Pode fazer a visita, receber o convite, agora essa visita não pode atrapalhar o plano, o prazo que se estabelece a lei, estamos numa situação de vida ou morte”, frisou o líder piauiense.

Além do Piauí, os Estados que protocolaram o pedido de importação foram: Bahia, Acre, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Sergipe, Pernambuco, Rondônia e Pará.

Veja a quantidade de cada estado:

Bahia: 9.770.280

Acre: 656.340

Rio Grande do Norte: 300.010

Maranhão: 4.582.860

Mato Grosso: 1.201.500

Piauí: 2.173.610

Ceará: 5.581.610

Sergipe: 400.000

Pernambuco: 4.000.000

Rondônia: 937.590

Pará: 37.000.00

Fonte: Meio Norte

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/04/08/ema-fara-inspecao-de-boas-praticas-clinicas-sobre-sputnik-v-na-russia/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação