fbpx

Consumo de remédios para câncer de pele cresce 268% em três anos

Um levantamento da ePharma, especializada no gerenciamento de Planos de Benefícios de Medicamentos (PBM), indica que aumentou o consumo de remédios para o tratamento de câncer de pele vendidos nos programas de assistência farmacêutica. De acordo com o estudo, o número de prescrições de medicamentos do gênero passou de 771 em 2017 para 2.839, em 2019 – um crescimento de 268,2% no período.

 

No acumulado dos três anos, foram consumidas 5.730 unidades de seis tipos de remédios disponibilizados para câncer de pele. Com 5.027 (87,7% do total) unidades comercializadas, o líder no ranking foi o Temodal. Na sequência aparecem o Zelboraf (285 unidades) e o Temozolomida (162). Os outros três são Mekinist (109), Tafinlar (106) e Cotellic (41), que ocupam a quarta, quinta e sexta colocação, respectivamente.

 

Medicamentos Unidades
Temodal 5.027
Zelboraf 285
Temozolomida 162
Mekinist 109
Tafinlar 106
Cotellic 41

 

Fonte: Portal ePharma

Veja também: Remédio barato pode aliviar resistência ao tratamento da leucemia

Siga nosso Instagram

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra