fbpx
O maior canal de informação do setor

Cosmético de Abaetetuba ganha o registro da Anvisa

147

É cada vez mais notória a preocupação com a beleza. E cada vez mais as pessoas têm buscado nos cosméticos uma forma de obter saúde e bem estar. Essa é uma das indústrias que mais cresce atualmente.

Diante de muitos produtos que são lançados, poucos têm o controle sanitário.

E uma marca de cosméticos paraense conquistou recentemente o selo da Anvisa, vinculada ao Ministério da Saúde, garantindo mais segurança e credibilidade para o consumidor.

A Natural Bella é uma linha de cosmético integralmente natural, criada pela esteticista Enara Azevedo, de Abaetetuba, nordeste paraense.

‘Ter a minha linha de cosméticos era um sonho. Trabalhei com muita dedicação para tornar tudo isso realidade. Conseguir o registro Anvisa é um dos processos desse sonho, sem dúvida alguma. Esse registro garante a segurança de nossos produtos para as pessoas, traz mais credibilidade, garante a eficácia e nos permite expandir ainda mais tudo isso’, diz ela.

‘Os produtos possuem carinho e cuidado em tudo, além das formulações e ativos específicos para que a pessoa tenha experiências únicas de cuidado, bem estar e claro, os melhores resultados’, completa.

Fonte: Diário do Pará

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/05/14/mercado-cosmetico-halal-deve-faturar-us-76-bilhoes-ate-2024-no-mundo/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação