fbpx
O maior canal de informação do setor

Custo do câncer no Brasil chega a R$ 68,2 bilhões

2.482

Custo do câncer no Brasil chega a R$ 68,2 bilhõesAs despesas associadas ao câncer constituem uma parcela relevante dos gastos em saúde no país, representando 1% do PIB brasileiro. O montante chegou a R$ 68,2 bilhões no ano passado, sendo que 28% representam custos diretos com medicamentos, hospitalizações e cirurgias; e 72% são indiretos, o que inclui morte prematura, faltas no trabalho e aposentadoria por invalidez.

Os dados fazem parte da pesquisa Câncer no Brasil: a jornada do paciente no Sistema de Saúde e seus impactos sociais e financeiros, encomendada pela Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa – Interfarma e realizada pela IQVIA, com avaliação técnica da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) e apoio do Instituto Oncoguia.

A apresentação foi realizada durante a II Semana da Oncologia Brasileira, que ocorreu entre os dias 22 e 23 de outubro em São Paulo. O estudo reforça a crescente importância do impacto do câncer para o sistema de saúde do Brasil, tanto em aspectos epidemiológicos, como econômicos e sociais. Além dos custos diretamente relacionados ao câncer, a doença possui uma carga significativa em termos de impactos sociais e custos indiretos. Quando comparado às principais economias do mundo e aos principais países da América Latina, o paciente com câncer no Brasil apresenta menos anos de “vida com saúde”.

Estima-se que, no Brasil, tenham sido gastos R$ 18,9 bilhões com o tratamento da doença no ano passado, sendo 41% do valor destinado à quimioterapia e 33% a procedimentos hospitalares. A análise de despesas com o tratamento do câncer mostra que 77% delas provêm do setor de saúde suplementar, enquanto apenas 23% dos gastos são originados do SUS. Cada paciente custa cerca de R$ 9,1 mil por ano para o sistema de saúde público brasileiro.

Os valores despendidos em razão de mortes prematuras, absenteísmo e auxílios por incapacidade também ressaltam o ônus da doença para a sociedade. Os custos por absenteísmo atingiram R$ 1,3 bilhão, enquanto as despesas associadas à morte prematura por câncer representaram R$ 47,8 bilhões.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/10/25/mulheres-jovens-tambem-podem-ter-cancer-de-mama/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação