fbpx

Desmovit recupera as funções do fígado e age contra inflamação sistêmica

Cada vez mais, as pessoas sofrem de doenças gastrointestinais devido à alimentação inadequada do dia-a-dia, aliada ao uso de bebidas alcóolicas e produtos farmacêuticos frequentes com ação hepatotóxica (desde paracetamol até os antibióticos, chegando até os hormônios sintéticos). Tudo isso pode causar uma baixa inflamação do fígado inibindo o seu funcionamento em mais de 500 funções, dentre as quais a produção de colesterol, a produção de hormônios esteroides e a transformação das vitaminas. “Existem muitas causas que geram uma inflamação do fígado; uma vez tivemos a capacidade de dizer que temos dois tipos de hepatite: tóxica ou viral; hoje sabemos que também alimentos, disbiose intestinal, radicais livres e outras disfunções em órgãos podem causar inflamação do fígado, mas não apenas a inflamação aguda, mas uma inflamação de baixo grau que não é frequentemente detectável pela análise do sangue”, afirma o endocrinologista italiano Dr. Ezio Abbiati. E antes que isso se torne um problema mais grave, um novo ativo nutracêutico desembarca no Brasil pela Biotec Dermocosméticos: é o Desmovit, que recupera as funções do fígado para agir contra a inflamação sem os inconvenientes dos produtos desintoxicantes que levam o fígado a trabalhar mais.

De acordo com o endocrinologista, nosso fígado é a parte metabólica mais importante do nosso corpo, uma fábrica química que transforma todas as substâncias que ingerimos. “Então, uma inflamação de baixo grau pode causar um mau funcionamento em um ou mais desses trabalhos: dismetabolismo hepático (hipercolesterolemia, produção de bile); náusea, vômito, fadiga; e falta de uma das diferentes funções do fígado como produção de hormônios esteroides”, afirma. “Se o fígado está inflamado, não temos que estimular suas funções, mas sim, recuperá-las e tomar uma providência contra a inflamação. A partir desse momento nosso fígado começará a trabalhar perfeitamente”, afirma Mika Yamaguchi, farmacêutica e diretora científica da Biotec Dermocosméticos.

De acordo com a especialista, Desmovit é um nutracêutico preparado a partir da sinergia de dois fitoterápicos: Desmodium adsendens e Litothanium calcareum; em sua composição possui polifenóis, flavonóides, antocianinas e taninos que conferem propriedades antioxidantes. Dessa forma, o ativo é capaz de agir contra a inflamação do fígado sem interferir na farmacodinâmica de nenhum outro produto ou medicamento, restaurando assim o controle do nível hepato-inflamatório. “Sua ação farmacológica é respaldada por estudos clínicos com pacientes em tratamento quimioterápico para câncer de pescoço e cabeça. E, graças ao uso do Desmovit em pacientes durante a quimioterapia, foi demonstrado a ausência de níveis anormais de albumina ou PCR (proteína C-reativa), que são indicadores de inflamação, e melhor resistência à dor e fadiga”, diz Mika. Dessa forma, oncologistas podem manter o tratamento quimioterápico sem ter que interrompê-lo devido a problemas hepatotóxicos. “Isso demonstrou que Desmovit pode manter a inflamação do fígado sob controle também durante qualquer tratamento farmacológico e não somente durante quimioterapia.”

Desmovit x detox – De acordo com o Dr. Ezio, todos os produtos desintoxicantes levam o fígado a trabalhar mais (ou produzem mais bile ou estimulam o citocromo p450 e a eliminação de toxinas) e isso interfere na absorção da maioria das moléculas ativas de produtos farmacêuticos. “Esta é a razão pela qual estes produtos desintoxicantes não podem ser usados durante uma quimioterapia: eles facilitarão a eliminação da parte tóxica (que é a parte ativa) do produto farmacêutico. Desmovit não estimula nem a secreção, nem a excreção biliar, sem impacto em possíveis cálculos e, por essa razão, o comitê de ética admitiu que Desmovit seria usado em um ensaio clínico durante uma quimioterapia”, afirma o médico. “Se um fígado tem uma esteatose, não é bom estimular ou acelerar o metabolismo, caso contrário, corre o risco de ter uma pior inflamação da doença. É melhor mudar a dieta (low carb) e reduzir a inflamação do órgão. Uma vez que a inflamação tenha sido reduzida, você será capaz de estimular o metabolismo prevenindo a doença hepática gordurosa não-alcoólica”, diz o médico.

Quando usar – O nutracêutico é indicado em casos de dismetabolismo hepático e esteatose (acúmulo de gordura no fígado); hepatite tóxica e viral; como suporte aos tratamentos farmacológicos reduzindo problemas gastrointestinais e efeitos colaterais; em dietas de emagrecimento e detoxificação; em problemas de colesterol alto; na redução da hepatotoxicitdade do álcool e drogas; e na restauração de todas as funções normais do fígado. Além disso, Desmovit não é somente útil como anti-inflamatório, mas também é indicado para o tratamento de asma alérgica e um aliado contra os radicais livres com ação antioxidante. Outra indicação é para redução de peso corporal, em que, segundo estudos, a porcentagem de massa gorda decresceu 13.2% enquanto a porcentagem de massa magra cresceu em 5.6% após 6 meses de tratamento.

O Dr. Ezio Abbiati explica que a melhor opção é usar Desmovit preventivamente. O ativo deve ser usado em duas épocas do ano, normalmente durante a mudança das estações (março/abril e outubro/novembro), ou não apenas durante um tratamento farmacológico, mas também antes (quase 15 dias), durante e uma semana após o tratamento. “Normalmente, durante a época de Natal ou no verão, temos a capacidade de comer e beber mais do que o normal, por isso é melhor desintoxicar antes e depois desses períodos”, recomenda o endocrinologista.

Fonte: SEGS

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/07/18/problemas-na-boca-podem-causar-doencas-no-coracao/

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra