O maior canal de informação do setor

Drogarias de BH registram estoque baixo de testes de Covid-19

75

Quem procura por teste de Covid-19 em BH vai precisar de paciência. Diante da alta demanda após o período de festas, muitas drogarias da cidade apresentam estoque baixo ou até mesmo zerado de exames.

Na manhã desta quarta (5/1), a reportagem precisou percorrer seis unidades da Drogaria Araújo entre as regiões de Venda Nova, Pampulha e Norte da cidade para encontrar um teste. Só houve sucesso na loja da Avenida Waldomiro Lobo, altura do Bairro Guarani, Norte de BH.

Outra pessoa ouvida por O TEMPO, que não quis se identificar, afirmou que não encontrou exames na cidade nesta quarta. A fonte disse que consultou com um médico mais cedo, que a receitou o teste de painel, que detecta diferentes tipos de vírus.

Porém, pelo custo do exame (R$ 890 no Laboratório São Marcos, consultado pela pessoa), a fonte desistiu de realizar o procedimento nesta quarta.

Além do problema da escassez de testes, as drogarias passam por problemas de falta de funcionários. Duas das unidades visitadas estavam sem farmacêuticos de plantão por causa de afastamentos por conta da Covid-19.

Em nota, a Araújo informou que a demanda por exames para detecção do novo coronavírus subiu 112% na comparação entre a segunda e a primeira quinzena de dezembro.

Mas, a drogaria garantiu que há testes disponíveis em ‘todas as 260 lojas, inclusive as cinco com drive-thru em Minas Gerais’.

A empresa esclareceu, ainda, que ‘farmacêuticos estão sendo remanejados para as unidades com maior demanda para poder atender a todos os clientes da melhor maneira’. Também garantiu que o quadro de funcionários não está comprometido.

Laboratórios também registram alta

No laboratório Hermes Pardini, há um aumento de 30% na busca por testes nos primeiros dias de janeiro no Brasil, em relação à média da pandemia.

Nessa terça (4/1), O TEMPO noticiou que há uma crescente nos exames positivos do Pardini nos últimos dias. Só na terça, o laboratório registrou positividade de 27%, a maior taxa desde junho no país.

A empresa também detectou 40 casos de coinfecção da Covid-19 com outras doenças respiratórias. Esses diagnósticos não são, necessariamente, ligados à influenza.

Fonte: O Tempo


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/os-lancamentos-que-movimentaram-as-farmacias-em-2021/

 

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação