fbpx
O maior canal de informação do setor

Duas grandes farmácias do Paraná têm mulheres na liderança

253

Duas grandes farmácias do Paraná têm mulheres na liderança

O número de mulheres ocupando cargos de liderança no setor formal está aumentando no Brasil. Segundo dados do International Business Report da Grant Thornton, realizada em 2020, junto a 4.812 empresas de 32 países, o Brasil está em 3º lugar no ranking dos países pesquisados.

Em 2020, as mulheres passaram a representar 39% dos executivos com poder de decisão.  No Brasil, a presença das mulheres gestoras está concentrada nas áreas de RH e diretoria financeira. Na função de diretoras ou presidentes, elas saltaram de 26 para 36% nesses postos dentro da média global.

É o caso da Vale Verde, maior rede de farmácias do interior do Paraná, com sede em Londrina. Cerca de 70% das funções da empresa são ocupadas por mulheres, desde a diretoria (comercial e financeira) ao atendimento no balcão.

Fundada em 1974, em Londrina (PR), a rede conta com 32 lojas, um laboratório de manipulação e um centro de distribuição. “Lá atrás eu acreditei que podia tornar a Vale Verde a maior rede de farmácias do norte do Paraná. Hoje, esse sonho emprega centenas de mulheres e leva, diariamente, mais saúde, beleza e bem-estar para nossas clientes.”, diz Miriam Augusto, uma das fundadoras.

Mulher lidera rede de farmácias mais antiga do Paraná

À frente da Farmácias Trajano, primeira rede de farmácias do Paraná criada há 85 anos, Ana Claudia Vitorassi administra 23 lojas, laboratório de manipulação e 300 funcionários. A rede também é pioneira em prestação de serviços farmacêuticos em Guarapuava – a primeira com funcionamento 24 horas e delivery.

Duas grandes farmácias do Paraná têm mulheres na liderança

A executiva assumiu a gestão geral da Trajano em setembro de 2019, inicialmente para acomodação de questões societárias. “Cá estou até o momento (risos).  Penso que cheguei aqui pelos aprendizados do caminho profissional que trilhei na Trajano, mas sobretudo por acreditar incondicionalmente na empresa”, conta.

Ana Claudia acredita que neste segmento, assim como em outros, as mulheres têm muito a contribuir. “Mulheres têm força de espírito, normalmente são muito dedicadas e já habituadas a resolver muitas coisas ao mesmo tempo.

Fundada pelo casal Judith Bastos de Oliveira e Amarílio Rezende de Oliveira, em 1937, as Farmácias Trajano já década de 70 tinha no comando a filha mais nova, Laura Terezinha Bastos de Oliveira. Em 2014 dona Tereza faleceu e a empresa prossegue com seus filhos Luiz Manoel, Ana Cláudia e Paulo Sérgio.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/a-mulher-que-inspirou-a-apsen/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação