O maior canal de informação do setor

Entenda até onde pode ir a inflação e como investir neste cenário

223

A combinação entre a reabertura das atividades e as injeções recordes de estímulos por governos nas economias fez a demanda por produtos e serviços subir pelo mundo e, como consequência, a inflação voltou a preocupar os mercados.

Aqui no Brasil, a inflação oficial, medida pelo IPCA, já acumula alta de mais de 8% nos últimos 12 meses até junho — bem acima do teto da meta para este ano, de 5,25%. Mas apesar de vermos uma inflação pressionada olhando pelo retrovisor, olhando para frente, o cenário é incerto.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/anvisa-discute-sistema-nacional-de-controle-de-medicamentos/

De um lado, temos o desemprego recorde, que reduz o consumo e tira a pressão sobre a demanda – além de um dólar um pouco mais comportado. De outro, a crise hídrica faz a conta de luz explodir e, dependendo do clima, a situação pode se agravar.

Nesse cenário, como fica a inflação daqui para frente? Cede ou sobe? E quais serão os impactos nos juros e nos investimentos?

Natalie Victal, economista da Garde Asset, e Gabriel Barros, economista-chefe da RPS capital, debatem o assunto no Grande Debate – Investimentos desta segunda-feira (19).

Fonte: CNN Online (Brasil)

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação