O maior canal de informação do setor

Estudo aponta aumento de casos da variante delta no estado de São Paulo em setembro

129

Variante delta – Especialista da USP e da Unesp demonstram preocupação em relação às medidas de flexibilização tomadas pelo governo de São Paulo perante o avanço da variante delta de covid-19 no estado. Em contrapartida, o governador João Dória afirma que a flexibilização ocorre no ‘tempo certo’. Recente análise feita por especialistas da USP e da Unesp, é possível que ocorra uma nova onda de covid-19 decorrente do avanço da variante delta no estado. Em pesquisa realizada pela Info Tracker, pesquisadores compararam dados de outros países onde a variante delta é atuante, para projetar o que deve ocorrer em São Paulo e Rio de Janeiro no próximo mês – mesmo com a vacinação avançada nos dois estados.

Amostra genética de covid-19 para pesquisa (Foto: Reprodução/ IStock)

O professor da Unesp Wallace Casaca diz que: ‘O epicentro da detal no Brasil hoje é o Rio. São Paulo , embora ainda não tenha tido aumento exacerbado, está neste caminho. A projeção estima que deve haver essa explosão a partir da segunda semana de setembro’. A pesquisa levou em conta os casos da variante delta por cem mil habitantes em Israel, Nova York e Londres. Para os especialistas, o tempo médio decorrido entre os primeiros registros da variante até um aumento expressivo das novas contaminações foi de 80 dias.

Anvisa recomenda terceira dose da Coronavac para idosos e profissionais da saúde

Covid-19: Mais de 100% dos adultos já foram vacinados na capital palista

Nova variante de covid-19 surge nos Estados Unidos

Wallace Casaca, que também é um dos responsáveis pela Info Tracker, também afirma que: ‘Decidimos olhar essas regiões do mundo para tentar encontrar um padrão nas curvas e chegamos aos 80 dias. O Rio já passou esse período, então já entrou nessa escalada. Em São Paulo, temos 57 dias desde que os primeiros casos apareceram, então estamos nessa eminência’. A secretaria estadual de saúde do Rio de Janeiro aponta que a variante delta é predominante no estado, com 60% das amostras. A pesquisa realizada em São Paulo aponta que o percentual da variante delta é de aproximadamente 25%.

Fonte: R7 Notícias

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/varejo-independente-amplia-rentabilidade-com-servicos-farmaceuticos/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação