fbpx
O maior canal de informação do setor

EXAME debate os rumos da saúde no Brasil nesta terça-feira

403

Com presença confirmada do ministro da Saúde, EXAME Fórum debate os caminhos para trazer mais eficiência ao setor.

São Paulo – Nesta terça-feira, autoridades e especialistas se reúnem no EXAME Fórum Saúde para analisar um dos temas mais relevantes para o futuro do país: a sustentabilidade e eficiência do setor de saúde no Brasil.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, é um dos principais convidados. O evento também contará com nomes como David Uip, secretário de Saúde do estado de São Paulo, e Sidney Klajner, presidente do Hospital Israelita Albert Einstein.

Na pauta estão as soluções para construir políticas de saúde eficientes, seja conjugando esforços entre o setores público e privado ou combatendo os elevados custos da área com boa gestão.

Também estarão presentes Claudio Lottenberg, Presidente do Instituto Coalização Saúde; Lenir Santos, consultora do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde e coordenadora do Instituto de Direito Sanitário Aplicado; Renato Velloso Dias Cardoso, membro do conselho da Clear Aligner Brasil e sócio-investidor e membro do conselho da rede de clínicas Dr. Consulta; e Marcelo Munerato, presidente da AON.

O EXAME Fórum Saúde acontece no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, das 8h15 às 12h30.

Ricardo Barros, Ministro da Saúde

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação