fbpx
O maior canal de informação do setor

Famílias vão priorizar Auxílio Brasil para supermercados e farmácias

330

O orçamento do Auxílio Brasil para este ano é destinar R$ 89 bilhões para o pagamento do benefício, com o valor de R$ 400 mensais por família.

De acordo com levantamento realizado pela Card, o antigo Auxílio Emergencial movimentou mais de R$ 200 milhões de pagamentos nas maquininhas em milhares pontos de venda – que a companhia tem conexão por todo país. O mesmo processo poderá ser feito para viabilizar os pagamentos do Auxílio Brasil pelo Caixa Tem.

Ainda que esteja em sua terceira parcela, o pagamento de janeiro foi o primeiro que contemplou 17,5 milhões de pessoas, sendo 3 milhões a mais do que nos pagamentos de novembro e dezembro. Estados como Alagoas, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo concentram dezenas de milhares de maquininhas da Card que estão aptas ao uso do Auxílio Brasil pelo Caixa Tem, assim como o Vale Gás, FGTS e todos os demais programas sociais concedidos pelo Governo Federal através da Caixa Econômica Federal.

Já a última edição do Índice FinanZero de Empréstimo (IFE), que, no último dezembro, entrevistou 500 pessoas com acesso à internet em todo o Brasil, revelou que 42% dos entrevistados disseram ter a intenção de solicitar empréstimo no primeiro trimestre de 2022. Destes, 44% afirmaram que o principal motivo é a quitação de dívidas, um aumento de mais de 5% em relação a novembro do ano passado.

Com novas perspectivas, uma parcela dos brasileiros entrevistados disse que tem a intenção de tomar crédito para realizar vontades que haviam sido adiadas, como a renovação da casa, com 26,17%. Depois de meses tendo que fazer uso do próprio lar como local de trabalho ou de estudos, muitos queriam renovar e trocar as mobílias para ter a sensação de algo novo, assim como o ano que se inicia.

Em seguida, aparece a solicitação de empréstimo para abertura de um negócio próprio, com 24,77%, pois há também quem passou os últimos meses analisando o mercado, procurando uma oportunidade para investir, seja em um negócio próprio ou não, pretendendo pedir empréstimo para dar início ao empreendimento.

Além da preocupação com o pagamento de dívidas e as outras razões mencionadas, outro dado chama atenção: entre as intenções de tomada de empréstimo para os próximos três meses, destacam-se investimento (22,43%) e compras (21,03%), que atingiram a maior alta desde julho de 2021. De olho na organização e com o objetivo de fugir do endividamento, muitos optam pelo pedido de empréstimo para investir e estruturar as finanças. Com os investimentos em alta, os empréstimos para esta modalidade também tendem a crescer nos próximos meses, visto as novas perspectivas no mercado e o aumento no fluxo de investimentos externos no país, que, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), atingiu US$ 58 bilhões no ano passado, uma alta de 104% se comparado a 2020.

O crescimento dessa porcentagem de investimento ainda em 2021 explica o fato de novas intenções de empréstimo estarem surgindo frente a quase 24 meses de incertezas econômicas.

Ainda segundo o estudo, em dezembro de 2021, as buscas por empréstimo no Google cresceram 24% em relação ao mesmo período do ano anterior e acumulou alta de 26,6% no ano passado, ante 2020. Após pesquisas e mudanças de hábitos por parte da população, a participação das buscas por empréstimos em fintechs teve aumento de 25%, em relação à média verificada no mesmo período de 2020. Mesmo com o crescimento, os bancos tradicionais continuam como a principal opção, mas isso tende a mudar. 67,8% dos brasileiros preferem solicitar crédito de maneira totalmente digital, enquanto 42% preferem fazê-lo em uma agência bancária física. Isso resulta em uma nova porta de possibilidades para os serviços prestados pelas fintechs.

Fonte: Monitor Mercantil


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/farmacia-reduzir-dependencia-de-testes/

 

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação