O maior canal de informação do setor

Governo de Portugal aprova plano de vacinação contra covid-19

145

Portugal aprovou nessa 5ª feira (3.dez.2020) o plano de vacinação nacional contra a covid-19. O objetivo é começar a imunizar a população em janeiro de 2021. De acordo com o governo, a vacina será “universal, gratuita e facultativa”.

A vacinação será divida em 3 fases. Em um 1º momento, receberão as doses pessoas que integram grupos de risco e profissionais de saúde.

Segundo o governo português, serão vacinados na 1ª fase:

A 2ª fase será para pessoas a partir dos 65 anos, com ou sem doenças prévias. Também, para quem tem mais de 50 anos e tenha diabetes, neoplasia maligna ativa, insuficiência hepática, insuficiência renal, obesidade ou hipertensão arterial. O restante da população será vacinado na 3ª fase.

Portugal espera receber 22 milhões de doses. O suficiente para imunizar os pouco mais de 10 milhões de habitantes do país. “As vacinas não chegam todas no 1º dia, mas vão chegando gradualmente ao longo de todo o ano”, disse o primeiro-ministro, António Costa, ao anunciar o plano.

As doses vêm de conttratos firmados pela União Europeia. O bloco tem acordo com AstraZeneca/Oxford, Sanofi/GSK, Johnson & Johnson, Pfizer/BioNTech, CureVac e Moderna. Cada país-membro receberá doses em quantidade proporcional ao número de habitantes.

UNIÃO EUROPEIA SE PREPARA PARA RECEBER A VACINA

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, pediu que os países do bloco elaborassem o quanto antes os planos de imunização e estivessem preparados para quando a 1ª vacina for aprovada. Espera-se que o imunizante da Pfizer seja aprovado em breve.

Alemanha, Finlândia e Bélgica querem iniciar a vacinação ainda em 2020. A Alemanha, inclusive, já está preparando centros de vacinação em diferentes regiões do país.

O governo alemão anunciou que pretende convocar enfermeiros aposentados, estudantes de medicina, agentes de segurança e recepcionistas para ajudar na campanha.

Outros, como Espanha, França e Itália, planejam a vacinação para janeiro de 2021. Profissionais de saúde, idosos e pessoas que sejam de grupos de risco devem ter prioridade.

Fonte: MSN

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/12/02/qual-o-plano-inicial-do-governo-para-a-vacinacao-da-covid/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação