O maior canal de informação do setor

Governo reduz previsão de crescimento da economia para 5,1% este ano

67

Governo – O Ministério da Economia reduziu a previsão de crescimento do PIB, em 2021, para 5,1% e aumentou a expectativa da inflação para 9,7% neste ano.

Os dados revelados nesta quarta-feira (17) indicam um crescimento um pouco menor que a previsão de setembro, quando o governo esperava que o país crescesse 5,3% em 2021. Para 2022, a previsão de crescimento caiu de 2,5% para 2,1% do PIB, o Produto Interno Bruto, que é a soma de todas as riquezas produzidas no país.

Para o Ministério da Economia, a queda na previsão do PIB é resultado de fatores que têm afetado a economia global, como defendeu o secretário de Política Econômica da pasta, Adolfo Sachsida.

O governo, porém, é mais otimista que o mercado financeiro, que projeta um crescimento do PIB para o próximo ano de cerca de 1% de acordo com o Boletim Focus. O secretário de Política Economia, Adolfo Sachsida, explicou que a diferença entre as expectativas do mercado e do governo para o PIB de 2022 tem a ver com o mercado de trabalho e com o investimento privado.

Dos 5 milhões de empregos previstos pelo governo, quase 70% são no setor informal.

Em relação à inflação, o ministério aumentou a previsão para o IPCA de 7,9% para 9,7% neste ano e de 3,7% para 4,7% em 2022. Na visão do governo, os efeitos negativos da economia internacional estão criando essa pressão sobre os preços, especialmente nos valores da energia, alimentos e metais industriais.

Fonte: Agência Brasil

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/franchising-brasil-farma-e-destaque-no-ranking-de-melhores-franquias-do-brasil-e-avanca-com-seu-plano-de-expansao/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação