fbpx
O maior canal de informação do setor

Hair Brasil retorna ao presencial com 19° edição, de 26 a 29 de março

150

Após dois anos sem realizar feira presencial por conta da pandemia da Covid-19, a Hair Brasil, a mais importante Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética para o mercado profissional de beleza da América Latina, terá sua 19ª edição entre os dias 26 e 29 de março no Expo Center Norte, em São Paulo.

Durante quatro dias, mais de 900 marcas expositoras apresentarão suas novidades para cabeleireiros, esteticistas, dermatologistas, administradores de salões e clínicas de beleza e estética, maquiadores, manicures, visagistas, entre outros profissionais do universo da beleza de todo o Brasil e da América Latina, em dois setores distintos, o Professional Show e a Varejo Negócios.

Também durante o evento acontece o Fórum Educacional Hair Brasil, com workshops, congressos, seminários e palestras voltadas para a atualização profissional. Há 19 anos no mercado, a feira é a pioneira em promover eventos educacionais e reforça a importância da profissionalização do setor. Os conteúdos giram em torno de temas relevantes para o segmento, incluindo técnicas, tendências, gestão de negócios e novidades. Nesta edição, além do presencial, os interessados poderão acompanhar o conteúdo no YouTube da Hair Brasil, que fará a transmissão simultânea mediante aquisição do pacote de serviços.

Entre as novidades desse ano estão o circuito profissional de ondulados, cacheados e crespos, com curso totalmente desenvolvido para atender as necessidades de atualização e especialização técnico-prática; e a participação da Laces and Hair, que antecipa sua participação na COP27 com uma tenda modelo e programação de conteúdo ministrado por sua fundadora, Cris Dios, sobre iniciativas e soluções sustentáveis para os salões de beleza. Outros nomes confirmados para esta edição são Celso Kamura, Wanderley Nunes, Marco Antonio de Biaggi, Rodrigo Cintra, Romeu Felipe Rodolfo Carvalho e Warren Norton, além do parceiro internacional OMC Coiffure (Organisation Mondiale Coiffure).

Dentre os expositores, alguns dos destaques incluem o lançamento da marca de haircare WESS Professional, vegana e criada especialmente para atender as necessidades das brasileiras, tendência crescente tanto nos cuidados dos cabelos quanto no skincare. Outra marca que será lançada no evento é a D’Arco, com produtos para cabelo, corpo, skincare e unhas, incluindo linha masculina. Elas estarão ao lado de grandes players do mercado da beleza, como a Olenka, de Rodrigo Cintra, e GA.MA Italy.

Dentre as pautas de tendências e negócios que podem ser abordadas, destacam-se:

Meio ambiente: iniciativas sustentáveis na operação dos salões; cosméticos veganos, naturais e processos de produção sustentáveis. Em 2020, o mercado global de cosméticos veganos foi estimado em US$ 15,1 bilhões. Segundo pesquisa da MarketGlass, essa indústria deverá ultrapassar US$ 21,4 bilhões até 2027, a uma taxa de crescimento anual de 5,1% nos próximos sete anos. Além da WESS, as marcas Lana Brasiles, Moss Beauty Solutions, Miss Lary Cosméticos e Soupleliss Professional presentes na feira seguem princípios veganos e cruelty-free. O Grupo Laces antecipa sua participação na COP27 – Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas – com um espaço na Hair Brasil onde traz a ESG na prática e um ecossistema de integração cheio de novidades. O objetivo é apresentar o projeto Bioma por Laces, por meio do qual salões de do Brasil todo podem adotar sustentabilidade combinada com terapias capilares, coloração 100% vegetal e diversas outras iniciativas inovadoras. O stand vai trazer o ambiente único do Laces unindo tecnologia e realidade aumentada. Beleza natural: tendência da transição capilar e dos fios brancos mostram que as pessoas estão buscando cabelos mais naturais, e processos químicos dão lugar aos tratamentos. Ácido hialurônico: do skincare ao haircare. Empreendedorismo: a crise traz a realidade do crescimento dos microempresários, e o mercado de beleza surge como oportunidade. Na Hair Brasil, quem busca empreender no setor encontra de dicas de negócios a produtos, técnicas e até um salão modelo da Casa Miracolli de 2500 metros, que leva para a feira o universo de seu salão, localizado nos Jardins, em São Paulo.

Negócios: Brasil segue em quarto lugar no mercado global de beleza, ficando atrás dos Estados Unidos, China e Japão. O consumo de produtos do setor no país é de US$ 23,7 bilhões e representa 45,8% de todo o consumo da América Latina (Euromonitor 2020). 17% das empresas do segmento de beleza estão funcionando da mesma forma que antes da pandemia e 64% funcionando com mudanças, totalizando 81% de portas abertas; 79% das empresas informaram faturamento menor que o esperado em novembro, 11% não tiveram impacto e 6% faturamento superior (Pesquisa Sebrae – O impacto da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios, 13ª edição). No primeiro semestre de 2021, houve interrupção na recuperação do faturamento de forma generalizada. Em agosto, o segmento de beleza reverteu a tendência de queda, e em novembro manteve a recuperação, chegando a -42% (Pesquisa Sebrae – O impacto da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios, 13ª edição). Em 2021, as importações do setor de HPPC alcançaram US$ 688.4 milhões, aumento de 17,5% em comparação ao mesmo período do ano anterior (Fonte ABIHPEC). As exportações da Indústria de HPPC alcançaram o valor de US$ 700 milhões em 2021, crescimento de 14,9% em relação ao ano anterior. Dezembro foi decisivo para que o setor fechasse o ano com superávit de US$ 11,6 milhões na balança comercial, pelo segundo ano consecutivo, após 10 anos com déficit (Fonte ABIHPEC). Em 2021, o Brasil exportou produtos de HPPC para 173 países, liderado pela Argentina (Fonte ABIHPEC). A balança comercial do setor brasileiro de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos fechou o ano de 2021 em US$ 1.4 bilhão, representando aumento de 16,2%, sobre 2020 (Fonte ABIHPEC). Mercado digital: Segundo pesquisa realizada pela Neotrust, empresa que monitora 85% do e-commerce brasileiro, com os dados de compra, o e-commerce brasileiro registrou faturamento recorde de R$ 161 bilhões em 2021, uma alta de 27% em relação a 2020. Entre os produtos mais vendidos entre março de 2020 e março de 2021, estão os das categorias Moda e Acessórios, com 19% das vendas, e Beleza, Perfumaria e Saúde com 14,7%.

Serviço:

HAIR BRASIL 2022

19ª edição da Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética

De 26 a 29 de março de 2022, das 10h às 20h

Expo Center Norte – Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo/SP

Mais informações em: https://hairbrasil.com

Fonte: Jornal Turismo&Eventos

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação