O maior canal de informação do setor

Hospital infantil particular de SP registra em dezembro maior número de casos de síndrome gripal dos últimos cinco anos

37

O Hospital Infantil Sabará, na Zona Oeste de São Paulo, registrou em dezembro 2.211 casos de síndrome gripal, o maior número dos últimos cinco anos.

O índice só é menor do que o contabilizado em março de 2016, quando foram atendidas 2.374 crianças.

A quantidade de crianças que testaram positivo para Covid-19 e foram atendidas no hospital também cresceu. Na primeira semana de dezembro, foram 5 positivados. Na última, 44 – número quase nove vezes maior.

Semana epidemiológica

De acordo com os dados do hospital, os números foram aumentando ao logo do mês de dezembro.

Na primeira semana do mês, o hospital atendeu 331 casos de síndrome gripal. Na última, foram 644 atendimentos. O aumento é de 95% – o número de atendimentos praticamente dobrou.

Na semana anterior, entre os dias 19 e 25 de dezembro, o hospital atendeu 810 crianças com gripe.

Se comparado a dezembro de 2020, o aumento de casos de gripe foi de 387%.

Atendimentos síndrome gripal:

Por semana epidemiológica

Atendimentos Covid:

Por semana epidemiológica

Bronquiolite

Os casos de bronquiolite em crianças também tiveram aumento no hospital. Foram 197 casos, número 1.213% maior que o de dezembro de 2020, quando apenas 15 casos foram registrados.

Além disso, 119 crianças ficaram internadas por conta da doença, contra apenas seis no mesmo mês do ano passado.

Vacinação de 5 a 11 anos

A recomendação final do Ministério da Saúde sobre a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19 deve acontecer nesta quarta-feira (5).

A imunização de crianças já é aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) desde 16 de dezembro e já ocorre em diversos países, mas ainda não foi autorizada pelo Ministério da Saúde, ao qual a agência é subordinada.

Na segunda-feira (3), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, antecipou que as doses pediátricas da Pfizer chegarão ao Brasil na segunda quinzena deste mês.

Cidade de SP

O secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, disse nesta quarta-feira (5) que os casos de Covid-19 na capital paulista aumentaram cerca de 30% nos últimos 10 dias.

Aparecido não detalhou os números absolutos deste aumento, mas afirmou que o cálculo foi feito pela Vigilância Sanitária com os testes positivos de Covid.

“Quando a ômicron entrou aqui na cidade de São Paulo, no dia 5 de dezembro, ela era, nos sequenciamentos que nós fizemos, pouco mais de 5%. Na semana seguinte, ela saltou para 27% nos casos da cidade. E ontem, no último levantamento que nós recebemos do Instituto Butantan, todos os sequenciamentos realizados já apontam 52%”, disse o secretário.

Apagão de dados

Mesmo com o apagão de dados de casos e mortes por Covid-19 nas últimas semanas, outros indicadores apontam que a contaminação pela doença voltou a aumentar no estado de São Paulo.

Internações, filas em postos de saúde e hospitais e testes positivos de Covid em farmácias cresceram nos últimos dias.

Fonte: G1.Globo


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/os-lancamentos-que-movimentaram-as-farmacias-em-2021/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação