fbpx

Índia restringe exportação de remédios por conta do coronavírus

Índia restringe exportação de remédios por conta do coronavírus

A Diretoria Geral de Comércio Exterior da Índia, principal fornecedor global de medicamentos genéricos, emitiu no último dia 3 de março um comunicado restringindo a exportação de 26 insumos farmacêuticos ativos (IFAs) e dos medicamentos produzidos a partir dessa matéria-prima. A decisão foi motivada pela preocupação com uma possível escassez de remédios por conta do surto de Covid-19 (coronavírus).

Os produtos afetados incluem paracetamol, tinidazol, metronidazol, aciclovir, progesterona, cloranfenicol e ornidazol, além de formulações feitas com esses compostos. A Índia é a fonte de cerca de 20% dos suprimentos de genéricos no mundo, mas depende da China para ter acesso a 2/3 dos componentes químicos necessários à produção desses fármacos. Uma análise do governo indiano apontou que 450 ingredientes de medicamentos podem ser afetados por medidas preventivas como o bloqueio completo da província de Hubei, centro da indústria farmacêutica chinesa.

Segundo o presidente do Conselho de Promoção e Exportação de Produtos Farmacêuticos da Índia, Dinesh Dua (foto), independentemente do veto às exportações, algumas das moléculas podem sofrer escassez pelos próximos dois meses e esse problema pode se prolongar se o Covid-19 não for contido.

Em meados de fevereiro, os fabricantes de genéricos indianos afirmaram que possuíam estoque suficiente para cobrir suas operações por até três meses. Mas espera-se que os suprimentos sejam interrompidos a partir de abril.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/02/27/empresa-dos-eua-anuncia-primeira-vacina-experimental-contra-o-coronavirus/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra