O maior canal de informação do setor

Medley auxilia população oferecendo alternativas para que as pessoas fiquem em casa

Farmacêutica faz parceria para incentivar ajuda voluntária e tem taxa de entrega gratuita para seus medicamentos

630

Enquanto o Brasil se junta a dezenas de países nos esforços de combate ao novo coronavírus, a Medley, unidade de genéricos da Sanofi, faz sua parte no incentivo à segurança, especialmente das pessoas em grupos de risco, durante a pandemia. Uma das iniciativas é o trabalho conjunto com ONGs, para reforçar a importância da ajuda ao próximo e assim garantir que os mais vulneráveis estejam seguros em casa. Outra ação é uma parceria com drogarias para isenção de taxa de entrega de seus medicamentos.

Siga nosso instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Toda ajuda é bem-vinda: A Medley em parceria com as ONGs Atados e Vizinho Amigo se juntaram nesse projeto para incentivar vizinhos e pessoas da própria comunidade a ajudarem idosos e todos que, preferencialmente, precisam seguir em isolamento social. A proposta é que voluntários supram as atividades que demandem a saída de suas residências, poupando essa população de se expor à COVID-19 em ambientes externos. Para isso, foi lançada uma plataforma digital que conecta voluntários a quem precisa de apoio. Para pedir ajuda ou ajudar, basta acessar o site: https://www.atados.com.br/vizinhoamigo.

Referência em genéricos no Brasil, a farmacêutica auxilia a causa ainda mais em parceria com Drogaria Venâncio oferecendo frete grátis para todos os medicamentos que não necessitam de prescrição. A gratuidade da entrega é limitada a compras acima de R$ 20,00 e é válida para o estado do RJ.

A Medley tem como missão fazer parte da jornada de vida das pessoas e, neste momento único e sensível, não seria diferente. A empresa reforça, com essas ações, que saúde é muito mais do que o medicamento.

Fonte: Portal Terra

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/04/15/coronavirus-para-especialistas-solucao-para-evitar-expansao-de-epidemias-so-vira-a-longo-prazo/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação