fbpx

Ministério da Economia calcula rombo de R$ 861 bilhões nas contas do governo brasileiro em 2020

Segundo estimativas da pasta, a previsão para o déficit primário do Brasil em 2020 aumentou para R$ 861 bilhões.

No relatório anterior, divulgado no fim de julho, a pasta previa que o rombo nas contas públicas ficaria em R$ 787,45 bilhões. As informações foram publicadas pela Agência Brasil.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

A previsão de queda para o Produto Interno Bruto (PIB) permaneceu em 4,7%, com valor nominal de R$ 7,19 trilhões. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), usado como índice oficial de inflação, aumentou para 1,8%, pela projeção atual.

Para este ano, o governo tinha autorização para registrar em suas contas um déficit primário de até R$ 124,1 bilhões. No entanto, em decorrência da pandemia da COVID-19, o governo brasileiro não está mais obrigado a cumprir a meta e pode gastar mais.

Fonte: Sputnik News

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra