O maior canal de informação do setor

Ministério diz esperar aval de órgãos para enviar 3,3 milhões de doses; Anvisa diz não ter ‘pendências’ para liberação

122

O Ministério da Saúde disse nesta quinta-feira (12) que espera a “liberação dos órgãos reguladores” para a entrega de 3,2 milhões de doses de vacinas aos estados, que estão no Centro de Distribuição. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por outro lado, divulgou nota afirmando que “não há nenhuma pendência”. (Veja o posicionamento completo dos órgãos no final da reportagem)

Entenda o que ocorreu:

Nota do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde informa que estão no Centro de Distribuição do Ministério da Saúde 5,8 milhões de doses de vacinas contra Covid-19. Destas, 2,6 milhões serão liberadas nos próximos dias. Outras 3,2 milhões de doses aguardam trâmite para liberação dos órgãos reguladores que atestam a qualidade dos imunizantes.

No total, mais de 193 milhões de doses já foram distribuídas aos estados e ao DF.

Nota da Anvisa

Anvisa esclarece que, na data de hoje, não há nenhuma pendência sob encargo da agência, em relação à liberação de vacinas.

Em muitos casos, as vacinas tem chegado em solo brasileiro sem a documentação necessária para o licenciamento da importação, em observância às normas de vigilância sanitária do país.

Dentre os requisitos sanitários, destacamos documentos associados ao controle de temperatura da carga, aspecto crítico no caso das vacinas.

Cumpre esclarecer que o licenciamento da importação pode ser iniciado mesmo antes da chegada das vacinas ao país.

Anvisa tem feito a análise das licenças de importações em prazo de horas, aos sábados, domingos e feriados.

A Agência realiza reuniões permanentes com o Ministério da Saúde e estabeleceu fluxos exclusivos e prioritários para importação de vacinas.

Fonte: G1.Globo

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/tecnico-da-anvisa-explica-como-funciona-remedio-anticovid-aprovado-pela-agencia/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação