fbpx
O maior canal de informação do setor

Moderna é processada por roubo de tecnologia para fazer vacina anticovid

178

A farmacêutica americana Moderna foi acusada pela segunda vez de ter roubado tecnologia para desenvolver sua vacina contra a Covid-19. A Arbutus Biopharma e a Genevant Sciences, ambas pequenas empresas de biotecnologia, entraram na justi

Segundo o Washington Post, a Moderna é acusada de ter violado a patente para a tecnologia de nanopartículas lipídicas. As empresas alegam “anos de trabalho meticuloso para desenvolver e refinar” a tecnologia utilizada.

A Moderna perdeu, no final de 2021, uma longa batalha pelas patentes da vacina em decisão do Tribunal de Apelações dos EUA. A empresa espera que a venda de vacinas contra o coronavírus alcance lucro de US$ 19 bilhões neste ano. Já a Arbutus e a Genevant, fundada por ex-cientistas da Arbutus, exigem parte das receitas da Moderna com a vacina como royalties (direitos autorais).

A Moderna, que desenvolveu o imunizante em menos de um ano, já enfrenta também outro processo pela disputa de patentes, mas desta vez com o governo federal. A empresa contestou as acusações de que três cientistas dos Institutos Nacionais de Saúde foram coinventores da vacina.

Esses três cientistas trabalharam para a Moderna em janeiro de 2020 para desenvolver um anticorpo à proteína spike, que o coronavírus utiliza para se agarrar às células humanas. A Moderna ainda recebeu bilhões em financiamento federal para desenvolver as vacinas.

“Contando com a tecnologia de partícula de nanotecnologia lipídica da Arbutus, a Moderna conseguiu começar a produzir sua vacina contra a Covid-19 em apenas alguns dias após a sequência genômica do SARS-CoV-2 entrar no domínio público”, diz o processo das empresas privadas contra a Moderna.

“A vacina da Moderna não poderia ter sido desenvolvida, muito menos em um tempo recorde sem precedentes na história humana, sem a patente da Arbutus”.

Fonte: Portal Isto É Dinheiro

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação