O maior canal de informação do setor

Mulher vai parar na UTI após tomar remédio errado no ES

2.355

Um simples descuido pode levar ao uso errado de medicamentos. Isso aconteceu com uma dona de casa, moradora de Vila Velha, que está há uma semana na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após ingerir quatro comprimidos por engano.

Alda Aparecida Elesbão, de 58 anos, acabou tomando dois comprimidos de Clonazepam de 2mg, indicado para o controle de ansiedade, e duas doses do Clorpromazina, 100mg, utilizado no tratamento de esquizofrenia.

O caso aconteceu no dia 4 de novembro e desde o dia 5 Alda se encontra na UTI do Hospital Madre Regina Protmann, no município de Santa Teresa, único lugar com leito disponível.

Segundo a filha de Alda, a estudante de Enfermagem Tayline Elesbão, 27, a mãe está estável, entretanto, seu laudo médico apresenta uma síndrome de angústia respiratória aguda e ela precisa respirar com a ajuda de equipamentos, sem previsão de alta.

“Minha mãe toma remédio para controle de pressão arterial e isso agravou o seu quadro”, disse. De acordo com Tayline, Alda estava cuidando de sua tia, que sofre de esquizofrenia, e que faz uso contínuo desses remédios, quando ingeriu.

Fonte: Jornal Folha do ES

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação