O maior canal de informação do setor

Natura faz pré-pagamento de US$ 900 mi em bonds da Avon

327

A Natura & CO (NTCO3) informou que realizou o pré-pagamento de títulos de dívida (“bonds”) de suas subsidiárias integrais, Avon International Capital p.l.c. e Avon International Operations, no valor total de US$ 900 milhões .

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

Segundo o fato relevante da Natura, o valor de resgate é de 101,969% (expresso como porcentagem do montante principal dos “bonds” a serem resgatados), mais juros acumulados e não pagos até esta data.

Foto: Fato Relevante da Natura

Segundo a empresa, o endividamento pro forma após o pré-pagamento, considerando os resultados do 2º trimestre de 2020, seria reduzido para 1,9x em relação ao patamar anterior de 3,6x.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

“O pré-pagamento destes ‘bonds‘ é mais um grande passo na estratégia de otimização de estrutura de capital da companhia, acelerando nossa desalavancagem e reduzindo o endividamento em dólares norte-americanos, a volatilidade do câmbio, as altas despesas de juros e eliminando cláusulas restritivas”, disse a empresa em comunicado.

Após a notícia, as ações ordinárias da empresa (NTCO3) disparavam a 1,82%, por volta das 12h25, negociadas a R$ 46,99. Enquanto que Ibovespa registrava alta de 2,39%, a 96.180,30 pontos.

Natura reverte lucro e registra prejuízo de R$ 392 milhões no 2T20

A Natura registrou prejuízo de R$ 392,1 milhões no segundo trimestre deste ano, revertendo lucro líquido de R$ 54,3 milhões no mesmo período no ano passado. Segundo a empresa de cosméticos esse resultado é em razão aos impactos da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

A holding informou que o incidente do ataque cibernético sobre as vendas teve o efeito de, aproximadamente, R$ 450 milhões. Em junho, a Avon, pertencente ao grupo Natura, havia informado que sofreu ataque hacker e que as operações haviam sido afetadas.

A receita líquida atingiu R$ 6,9 bilhões no período de abril a junho, esse valor representa uma queda de 12,7% na comparação de base anual.

A empresa de cosméticos investiu R$ 150,8 milhões no segundo trimestre. A dívida líquida ficou em R$ 4,1 bilhões.

O Ebitda (lucro antes de juro, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 651,9 milhões, queda de 25,4%. Por sua vez, o Ebitda ajustado atingiu R$ 615,2 milhões, baixa de 42,2%. A margem Ebitda alcançou 8,8%, queda de 4,5 pontos percentuais.

Os resultados operacionais do terceiro trimestre da Natura serão divulgados no dia 12 deste mês.

Com informações do Estadão Conteúdo.

O post Natura (NTCO3) faz pré-pagamento de US$ 900 mi em bonds da Avon apareceu primeiro em Suno Notícias.

Fonte: Sunoresearch

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/10/28/anvisa-estende-prazo-de-consulta-publica-sobre-servicos-farmaceuticos/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação