O maior canal de informação do setor

O associativismo e o novo consumidor

736

Para Nílson Ribeiro, diretor executivo da Abrafad, 2021 começa como uma repetição do ano anterior. A venda de produtos com foco na imunidade e na prevenção da Covid-19 continuará a dar o tom do varejo associativista, mas com uma diferença. O consumidor está mais maduro e consciente sobre a importância dos cuidados primários com a saúde e as doenças crônicas. E as farmácias de vizinhança com programas estruturados de PBM estarão na vanguarda.

Contato: Nílson Ribeiro, diretor executivo da Abrafad. www.abrafad.com.br ou [email protected]

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação