fbpx
O maior canal de informação do setor

Ouvidoria recebe muita reclamação da saúde

476
Herberth Levi coordenou a Ouvidoria Móvel

A falta de medicamentos e de acesso ao tratamento em hospitais credenciados pelo Sistema Único de Saúde foram as principais demandas levantadas, ontem de manhã, pela Ouvidoria Geral do Estado, no projeto “Ouvidoria Móvel”, que ocorreu na Praça Doutor Carlos, em Montes Claros. Até o meio dia foram 30 casos apresentados pela população, a maioria deles na área educacional, saúde e segurança. Os casos apresentados serão encaminhados aos órgãos competentes e, depois, respondidos aos consumidores. Herberth Levi, chefe de Gabinete da Ouvidoria Geral, explica que neste ano foram recebidas 234 manifestações de Montes Claros, sendo que 72 casos foram de reclamação na designação dos professores da rede estadual. A OGE decidiu fazer o atendimento móvel nas 10 cidades com maiores demandas em Minas Gerais.

A dona de casa Maria José Cardoso Dias esteve na Ouvidoria Móvel para pedir a ajuda, pois, juntamente com outras 80 pessoas, tinha conseguido a aposentadoria no INSS, com base em decisão da Justiça Federal, mas quando passou pela perícia com Doutor Mauricio, ele cortou o beneficio no dia 23 de fevereiro passado e, com isso, muitas dessas pessoas estão passando fome. Ela cita que está vendendo spinner (brinquedo) pelas ruas da cidade para sobreviver, apesar da sua saúde não permitir. Foi informada de que o seu caso é de competência da Ouvidoria Federal.

Ainda nas manifestações na Praça Doutor Carlos, a Ouvidoria Móvel recebeu reclamação de que muitos servidores da educação estavam sem receber os quinquênios e outros benefícios; na segurança pública, da falta de policiamento nos bairros, pois está muito focado na área central. O aposentado José Mário queria ajudar para resolver sua situação na Prefeitura, pois alega que pagou o IPTU e Taxa do Lixo, mas mesmo assim continuava recebendo a cobrança. Os atendimentos receberam demandas de Saúde; Fazenda, Patrimônio e Licitações Públicas; Polícia; Sistema Penitenciário; Ambiental e Educacional. (GA)

Fonte: Gazeta Norte Mineira

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação