fbpx
O maior canal de informação do setor

Pague Menos cresce 10,3% e alcança R$ 8 bilhões de faturamento

5.511

Pague Menos cresce 10,3% e alcança R$ 8 bilhões de faturamento

Uma das três maiores redes do varejo farmacêutico nacional, segundo a Abrafarma, as Farmácias Pague Menos voltaram a avançar dois dígitos e atingiram a marca de R$ 8 bilhões de faturamento em 2021. A lucratividade líquida cresceu 83,9% e saltou de R$ 96 milhões para R$ 176,6 milhões no período.

Os números do balanço anual da companhia ainda não contabilizam o capital da Extrafarma, cuja aquisição foi anunciada em maio do ano passado pelo valor de R$ 700 milhões. Mas após a conclusão do processo de análise pelo CADE, o CEO Mário Queirós projeta entrar “em velocidade de cruzeiro na expansão orgânica e com a dinâmica inflacionária positiva”.

Com 5,4% de market share no país, a Pague Menos concentrou seus esforços de expansão no Norte e no Nordeste, onde detém participação de 18,7% e 9,7%, respectivamente. Das 80 inaugurações de loja, 80% foram efetivadas nessas regiões e com foco voltado para a classe média expandida – B2, C e D.  A rede totaliza 1.165 pontos de venda em 348 municípios.

Percentual de lojas por região do país

Pelo segundo ano consecutivo, as chamadas lojas maduras – PDVs com mais de três anos de operações – tiveram incremento acima da média da inflação de medicamentos. Segundo a companhia, esse resultado refletiu “os ganhos de produtividade gerados pela estratégia digital, ativações no CRM e melhorias em supply chain”.

Avanço digital e mais produtos em estoque

A plataforma omnichannel foi uma das alavancas para a evolução da rede, ao movimentar R$ 623,4 milhões e registrar alta de 85,3%, bem acima dos 51,3% estimados para o mercado como um todo, segundo consultorias especializadas. Os canais digitais terminaram o quarto trimestre representando 8,8% do faturamento, contra 5,2% do mesmo período de 2020.

A ampliação de disponibilidade de produtos em loja foi outro ponto alto. A média de SKUs chegou a 9,8 mil – 19% a mais do que no fim de 2020. A estratégia de expansão do sortimento vem sendo determinante para essa performance, já que os itens ativados nos PDVs nos últimos dois anos foram responsáveis por 15% do volume de negócios.

Hub de saúde

A Pague Menos encerrou 2021 com mais de 2,5 milhões de atendimentos realizados por meio de seu hub de saúde, o Clinic Farma. O crescimento foi de 196%, impulsionado especialmente pela aplicação de testes rápidos da Covid-19. A operação de assistência farmacêutica estende-se a 879 unidades, com 57 serviços no portfólio, e se fortaleceu com uso intensivo de tecnologia. A rede incorporou ao seu e-commerce um portal de serviços, que permite o agendamento de exames, a solicitação de orçamentos de medicamentos especiais e fórmulas manipuladas, além do acesso a um marketplace de teleconsultas.

Farmácias Pague Menos

Faturamento: R$ 8,06 bilhões
Lucro líquido: R$ 176,6 milhões
Ebitda: R$ 671 milhões
Market share: 5,4% (terceira maior rede do varejo farmacêutico nacional segundo a Abrafarma)
Número de lojas: 1.165 lojas em 348 municípios de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação