O maior canal de informação do setor

Pneumologista diz que Brasil ainda não saiu da primeira onda de Covid-19

229

Covid – Médica pneumologista, Margarth Dalcolmo acredita que o Brasil ainda vive a primeira onde de infecção pelo coronavírus. Segundo a especialista, o país não soube aproveitar o “recuo do mar” dado pela infecção em países estrangeiros.

Siga a nossa página no Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

“É possível ter segunda onda, mas ainda não podemos falar isso. Ainda não saímos da primeira onda. Sempre digo que temos tsunami, ondas e marolas. Não soubemos aproveitar o recuo do mar, para nos prepararmos. Hoje temos uma taxa de transmissão que ainda está muito perto de 1. No RJ passou de 1”, apontou, em entrevista a Mário Kertész, na

Rádio Metrópole

Ainda de acordo com a médica, a Bahia é exemplo de civilidade no combate à Covid, com a união entre o governador Rui Costa (PT) e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). “No verão, com festas de verão, acabamos o carnaval, mas não tem jeito. O prefeito ACM Neto foi muito sensível. Vocês têm dado um exemplo de civilidade. Aqui no Rio conseguimos cancelar o réveillon de Copacabana. O verão nos preocupa pela aglomeração e na Europa o inverno nos preocupa por conta das viroses. Pode ter um aumento de casos graves”, apontou.

A especialista alertou ainda para as promessas de vacinas. Segundo ela, não é possível em pensar na vacinação esse ano. Ela acredita também que o Brasil saberá fazer a vacinação em massa. “Vai ser complexa, mas temos tradição em vacinação. Uma logística muito boa. Vacina só em 2021. O resto é discurso de político, não podemos enganar as pessoas”.

Fonte: Borg FM

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/11/04/pilbox-quer-mais-negocios-com-distribuidores-e-redes-regionais/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação