O maior canal de informação do setor

Procon encontra remédios superfaturados em Pernambuco

428

O Procon-PE divulgou a terceira pesquisa de medicamentos de 2019. No resultado, os técnicos encontraram produtos com uma diferença acima de 2.000% durante a pesquisa que passou por 61 farmácias de municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR) e do Interior do Estado.

A maior diferença encontrada pelos fiscais foi o ácido acetilsalicílico (AAS), que pode ser encontrado com uma diferença de 2.314,29%. O medicamento, composto por 32 comprimidos, foi encontrado em sua forma genérica nos valores de R$ 0,70 e R$ 16,90 nas farmácias do Cabo de Santo Agostinho.

O levantamento do Procon mostrou ainda que, entre os produtos de marca e os ditos genéricos, apresentam sempre uma grande diferença de valores. Nas farmácias de Vitória de Santo Antão, o AAS de marca foi encontrado por R$ 1,99 e R$ 15,90, uma diferença de 698,99%.

Já um medicamento para hipertensão, Vasporil, pode ser encontrado com uma diferença percentual de 442,06% nos estabelecimentos de Caruaru. Já na Região Metropolitana, o remédio de marca Atenolol, indicado para controle hipertensão arterial, teve diferença de 707,02%, encontrado de R$ 3,99 a R$ 32,20.

Segundo a gerente de Fiscalização do Procon-PE, Danyelle Sena, a pesquisa reforça a importância de o consumidor realizar pesquisa comparativa dos preços. “Mais um mês que a gente vê a importância de pesquisar, não só na diferenciação do genérico para o medicamento de marca, mas também para o estabelecimento. Essa é a terceira pesquisa, e feita mensalmente, como uma forma de realizar um comparativo, fazendo um acompanhamento entre um mês e outro”, contou.

A pesquisa está disponível no site da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH). O órgão de defesa do consumidor pesquisou 38 medicamentos, sendo 19 de referência (marca) e 19 genéricos, observando ainda medicamentos para tratar náuseas e vômitos, rinite alérgica, anti-helmíntico, anti-inflamatório, bronco dilatador, excesso de gases, controle da hipertensão arterial, controle do diabetes, analgésicos e antibióticos para o tratamento de infecções bacterianas.

Os fiscais do Procon-PE fiscalizaram farmácias dos municípios de Vitória de Santo Antão, Cabo de Santo Agostinho, Goiana, Caruaru, Recife, Olinda, Camaragibe, Paulista e Jaboatão dos Guararapes.

Fonte: Blog da Folha de Pernambuco

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/07/23/apos-fiscalizacao-procon-e-conselho-regional-notificam-farmacias-em-feira/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação