O maior canal de informação do setor

Procura por ivermectina esgota estoques e farmácias vendem remédio por até R$ 48

856

O aumento na procura por ivermectina tem esgotado o estoque deste produto em farmácias de Cuiabá e Várzea. Em resposta à demanda, as empresas que ainda têm o fármaco disponível elevaram o valor, que hoje chega a custar até R$ 48, segundo levantamento realizado pelo HNT/HiperNotícias.

Reprodução

Tradicionalmente utilizada para o tratamento de vermes e parasitas, a ivermectina tem adquirido uma nova atribuição popular, que aponta para a possibilidade de o vermífugo ajudar no combate à Covid-19, o coronavírus. A suposta função atribuída ao medicamento foi sinalizada em um estudo australiano, mas segue longe de ser um consenso dentro do campo científico.

Contudo, ainda que não haja respaldo científico concretizado, o mercado já registra uma alta na procura pelo remédio. Nesse sentido, a reportagem consultou a disponibilidade do medicamento e o valor em 18 farmácias e drogarias distribuídas em Cuiabá e Várzea Grande.

Localizadas na região central ou em bairros mais afastados, as farmácias apresentaram um panorama muito similar quanto ao medicamento, que aponta para a baixa nos estoques, a demora de reabastecimento por parte das distribuidoras e, por fim, a alta nos preços.

Das oito farmácias pesquisas em Cuiabá, o remédio está em falta em cinco. Nas unidades em que o medicamento pode ser encontrado, os preços variam entre R$ 27,9 e R$ 48, restando um valor médio de R$ 38,6.

Em Várzea Grande o cenário não é muito diferente, uma vez que das farmácias e drogarias pesquisadas o vermífugo está em falta em nove. Na única unidade que ainda tem o produto no estoque os clientes precisam desembolsar R$ 30 para a compra do remédio. Até o início da pandemia, o fármado podia ser encontrado com facilidade por valores médios entre R$ 15 e R$ 20.

Quando questionados sobre a previsão de renovação dos estoques, os farmacêuticos apontaram para a falta do produto nas distribuidoras e disseram que novos lotes podem chegar entre a próxima sexta-feira (26) e o início do mês de julho. Contudo, algumas unidades sequer conseguiram fazer uma previsão de quando o medicamento voltará a estar disponível com facilidade de acesso.

Fonte: HiperNotícias

Leia também:  https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/06/22/desabastecidas-farmacias-limitam-a-venda-de-ivermectina/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação