O maior canal de informação do setor

Queda do isolamento social nas cidades, novo aumento de combustíveis e mais de 25 de outubro

177

Queda do isolamento social nas cidades brasileiras, Petrobras anuncia novo aumento no preço dos combustíveis e reunião da cúpula da CPI da Pandemia estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta segunda-feira, 25 de outubro de 2021.

Queda do isolamento social

Chega a 57% o número de cidades brasileiras que não exigem isolamento social e liberaram os serviços não essenciais, segundo levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM). É o maior percentual da série histórica que começou a ser feita semanalmente desde março deste ano. Os dados apontam também que 1,4 mil cidades não registraram mortes por Covid entre 18 e 21 de outubro.

Projeção da inflação

O Banco Central (BC) divulgou hoje o Boletim Focus e as projeções do mercado pioraram. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação dos produtos, subiu pela 29ª vez seguida, atingindo 8,96%. Para o ano que vem, a previsão passou de 4,18% para 4,40%. Já a Selic passou de 8,25% para 8,75% neste ano. Pela primeira vez após meses, a média das previsões dos agentes financeiros para o Produto Interno Bruto (PIB) recuou para menos de 5%.

Reunião da CPI

A cúpula da CPI da Pandemia deve fazer, hoje à noite, a última reunião antes da votação do relatório final, marcada para amanhã. O encontro deve ser para avaliar possíveis alterações no texto. As possíveis mudanças devem ocorrer na lista de pedidos de indiciamento, com a inclusão de novos nomes. A lista já conta com 68 indiciados, incluindo o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Novo aumento de combustíveis

A Petrobras anunciou hoje um novo ajuste no preço dos combustíveis a partir desta terça-feira (26). O preço médio do litro da gasolina para as distribuidoras vai subir de R$ 2,98 para R$ 3,19. Para o óleo diesel, o preço médio do litro passa de R$ 3,06 para R$ 3,34.

Internados sem vacina

No Rio de Janeiro, dos internados por Covid-19 no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, 95% são pessoas que não tomaram a vacina contra a doença. A informação é do diretor da unidade, Roberto Rangel, que lamentou o cenário provocado por fake news e movimentos antivacina.

Fonte: CNN Brasil

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/tres-farmaceuticas-detem-21-das-vendas-no-pdv-farma/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação