fbpx
O maior canal de informação do setor

Regiões Sul e Norte encabeçam avanço do varejo farmacêutico

1.215

Regiões Sul e Norte encabeçam avanço do varejo farmacêuticoAs regiões Sul e Norte encabeçaram o avanço do varejo farmacêutico em 2021 e foram as únicas a crescer acima da média nacional. É o que aponta uma pesquisa inédita conduzida pela Close-Up International. Ao todo, o setor movimentou R$ 162,03 bilhões no último ano com a venda de mais de 7,09 bilhões de unidades. O incremento em valor foi de 13,7%.

Os três estados do Sul obtiveram receita de R$ 26,31 bilhões em 2021, contra R$ 22,35 bi do ano anterior, o que correspondeu a um crescimento de 17,6%. A região vem se destacando no ranking do varejo farmacêutico, com cinco redes entre as top 20Farmácias São João, Panvel, Clamed, Farmácias Associadas e Drogaria Nissei.

O Rio Grande do Sul, quarto maior estado do Brasil em vendas, chegou pela primeira vez aos dois dígitos e apresentou alta de 14,19%, mas Santa Catarina liderou a evolução percentual – 22,8%.

“São localidades muito marcadas pela existência de lojas de bairro, que ganharam relevância no período da pandemia. Além disso, as redes sulistas conseguiram modernizar rapidamente os canais digitais e encontraram um público consumidor disposto a abraçar as compras online”, avalia Paulo Paiva, vice-presidente Latam da consultoria.

Apesar de seu principal mercado – o Pará – estar somente na 11ª colocação, o Norte se destacou graças ao crescimento de 15,55%. O Amazonas e o Tocantins tiveram incremento superior a 20%, enquanto Roraima foi o líder na evolução percentual, com 32,78%.

Enquanto o player regional Grupo Tapajós alcançou o inédito primeiro bilhão de faturamento, as maiores redes do varejo farmacêutico escolheram a Região Norte como alvo do processo de expansão. Os sete estados locais representam 10% dos PDVs das Farmácias Pague Menos. A Raia Drogasil, por sua vez, passou a atuar em 100% das unidades da Federação em novembro, ao fincar bandeira nas capitais Boa Vista (RR), Macapá (AP) e Rio Branco (AC).

“O crescimento das farmácias do Norte está fortemente associado aos efeitos da pandemia. Tanto que no último mês de dezembro, com a explosão de casos da Covid-19 decorrentes da variante ômicron, o avanço foi de 23,74% em relação ao mesmo período de 2020. Mas a saturação de outros mercados mais tradicionais, como Sudeste e Nordeste, ajuda também a explicar os resultados”, comenta. O Nordeste, inclusive, teve alta abaixo da média do país.

Regiões Sul e Norte encabeçam avanço do varejo farmacêutico
Fonte: Close-Up International

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/equilibrio-vita-reforca-lancamentos/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação