fbpx

Remédio para emagrecer: os mais usados para perder peso

Remédios para emagrecer são considerados uma forma simples de perder peso. Mas para que eles possam realmente funcionar, um especialista deve ser procurado. Isso porque eles podem causar efeitos bem sérios e precisam ser tomados com muito cuidado.

Siga nosso instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Veja a seguir mais sobre os remédios para emagrecer mais conhecidos, como eles agem, para quem são indicados e se causam efeitos colaterais. Além disso, descubra se alternativas naturais e alimentos funcionais podem substituir esses medicamentos:

1. Sibutramina

sibutramina é um dos medicamentos mais conhecidos e usados para emagrecer. Ela atua mexendo em alguns neurotransmissores como serotonina, noradrenalina e dopamina, e com isso, reduzindo o apetite. Hoje ele é um dos remédios que pode ser vendido no Brasil, desde que com prescrição médica.

Vantagens e indicações Uma das vantagens da sibutramina está em sua ação de redução do apetite e também de aumentar o gasto calórico.

O ideal é que ela seja passada a pacientes IMC maior que 30, quando a orientação de mudança de dieta e exercícios não surtir efeitos no emagrecimento.

Efeitos colaterais A sibutramina é contraindicada para quem tem hipertensão, diabetes ou risco aumentado para doenças cardiovasculares. Ela pode causar efeitos colaterais como:

  • Boca seca
  • Constipação
  • Dor de cabeça
  • Insônia.

Alterações de humor também são bastantes comuns e devem ser relatadas ao médico.

2. Saxenda

saxenda é um remédio para emagrecer aprovado pela Anvisa em 2016. Seu princípio ativo, a liraglutina, é a mesma do remédio Victoza, usado para tratar o diabetes. Foi descoberto que ele reduz a sensação de fome, além de melhorar a glicose no sangue.

Ao contrário dos outros medicamentos de uso oral, o saxenda deve ser injetado sob a pele.

Vantagens e indicações A indicação do Saxenda é que ele seja utilizado em conjunto com dieta e atividade física em adultos com:

  • Índice de massa corporal acima de 30 kg/m2
  • IMC acima de 27 kg/m2 com alguma condição relacionada ao excesso do peso, como hipertensão, diabetes tipo 2 ou alterações de colesterol.

Acredita-se que ele funciona melhor em pessoas com problemas metabólicos, uma vez que ele também preserva o pâncreas.

Outra vantagem do saxenda é não afetar o humor do paciente, como outros remédios para emagrecer.

Efeitos colaterais Ele pode causar desenvolvimento de pancreatite, cálculos em vesícula biliar e risco de hipoglicemia, este último em pacientes com diabetes tipo 2.

3. Orlislat

Esse medicamento não atua na fome, saciedade ou outros mecanismos metabólicos. Ele normalmente interfere na absorção de gordura, inibindo que 30% dela seja assimilada pelo corpo, que é eliminada em maior quantidade nas fezes.

Por conta disso, ele é mais usado como coadjuvante, junto a outros tipos de remédios para emagrecer.

Vantagens e indicações O orlislat é um bom medicamento para pessoas com dieta rica em gordura e quem dificuldades em cortá-la da alimentação.

Efeitos colaterais Quando a pessoa ingere muita gordura tomando esse medicamento, ela pode ter diarreias devido à quantidade de gordura em suas fezes, o que pode causar desconfortos.

4. Fluoxetina

fluoxetina é um remédio para ansiedade, que pode ser usada em alguns tratamentos para emagrecer. Neste contexto, ela age controlando a ansiedade a fim de reduzir a compulsão alimentar.

Vantagens e indicações Seu uso como coadjuvante na perda de peso deve ser restrito a pessoas que possuem obesidade associada à depressão, ou então em casos de obesidade relacionados a uma condição médica chamada Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG). Sendo assim, o paciente deve ter IMC maior ou igual a 30 e um diagnóstico de depressão ou TAG feito por um psiquiatra.

Efeitos colaterais A fluoxetina pode causar:

  • Diarreia
  • Náusea
  • Cansaço (fadiga)
  • Dor de cabeça
  • Insônia.

Além disso, estudos mostram que após 6 meses de uso, a modesta perda de peso obtida inicialmente com a fluoxetina aos poucos vai se perdendo.

Fonte: Minha Vida

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/07/31/vendas-online-dobram-e-levam-farmacias-para-marketplaces/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra