fbpx
O maior canal de informação do setor

Reajuste suave nos medicamentos

A maior parte das mudanças necessárias para a adequação ao reajuste de preços de medicamentos já foi feita pelas redes de farmácias, segundo varejistas.

A previsão é que os valores dos remédios subam, em média, 2,5%, similar ao nível de 2017 e abaixo das projeções de inflação para 2018.

“Se o reajuste vier nesse patamar, o impacto imediato será priorizar ações como a renegociação de contratos nas despesas que tiverem alta acima do IPCA [índice de preços]”, afirma Rodrigo Pizzinatto, diretor da Extrafarma.

A variação é considerada baixa e permitirá que os preços sejam repassados sem dificuldades, segundo Edison Tamascia, presidente da Febrafar (das redes menores).

“O aumento está em linha com o previsto, diferentemente de 2017, quando os valores estavam defasados em relação à inflação”, diz Mário Queirós, diretor-presidente da Pague Menos.

 

Fonte: Folha de S. Paulo Online

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra