O maior canal de informação do setor

Sistema da Anvisa monitora reações adversas de remédios e vacinas

104

À medida que a imunização contra a Covid-19 foi avançando, algumas pessoas passaram a relatar eventos adversos como dor no braço, fraqueza, febre… entre outros. E para que haja um monitoramento da situação, essas reações devem ser repassadas ao posto de saúde como também para o sistema de farmacovigilância da Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância em Saúde.ebcSistema da Anvisa monitora reações adversas de remédios e vacinas

Esse sistema tem como função receber e reunir informações sobre efeitos adversos às vacinas e medicamentos, para comparar com os dados de ensaios clínicos que são apresentados pelos fabricantes e, a partir disso, a Anvisa pode adotar medidas que vão desde emissão de comunicados e alertas, alterações nas bulas até a eventual retirada do produto de circulação.

Para exemplificar a importância do recebimento desses relatos, a gerente geral de monitoramento da Anvisa, Suzie Marie Gomes, falou que, a partir de relatos sobre reações adversas das vacinas contra a Covid-19, a sonolência foi incluída na bula das vacinas.

Cabe lembrar, ainda, que os relatos de reações adversas no sistema da farmacovigilância podem ser tanto de vacinas como de medicamentos. A pessoa pode enviar o relato tanto ao fabricante como também fazer a inclusão no sistema Vigimed, no site gov.br/anvisa

Fonte: Agencia Brasil

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação