O maior canal de informação do setor

Supremo determina suspensão da ‘pílula do câncer’ apoiada por Bolsonaro

166

De acordo com o relator do processo, o ministro Marco Aurélio de Mello, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fica responsável pelo controle da substância, que será mantida proibida até que possua algum registro que comprove benefícios.

“A esperança que a sociedade deposita nos medicamentos, sobretudo aqueles destinados ao tratamento de doenças como o câncer, não pode se distanciar da ciência“, disse Aurélio de Mello. E acrescenta: “Foi-se o tempo da busca desenfreada pela cura sem o correspondente cuidado com a segurança e eficácia dos fármacos utilizados. O direito à saúde não será plenamente concretizado se o Estado deixar de cumprir a obrigação de assegurar a qualidade de droga mediante rigoroso crivo científico, apto a afastar desengano, charlatanismo e efeito prejudicial.“

Bolsonaro insiste em remédios mesmo sem comprovação científica Apesar de não haver comprovações científicas, Bolsonaro defendia o uso da fosfoetanolamina – foto: reprodução

A fosfoetanolamina não é a primeira substância sem comprovação científica defendida por Bolsonaro, desde o início da pandemia de COVID-19, o Chefe do Executivo tem insistido no uso da hidroxicloroquina para o tratamento do coronavírus, a qual ele voltou recentemente a defender diante de apoiadores no Palácio da Alvorada, em Brasília.

“Eu sou um exemplo. Eu tomei cloroquina, outros tomaram ivermectina outros tomaram Annita… e pelo que tudo indica todo mundo que tomou precocemente uma das três alternativas aí foi curado”, comentou Bolsonaro.

Anteriormente, Bolsonaro tinha feito o cancelamento do protocolo de intenções de adquirir 46 milhões de doses da CoronaVac, vacina que está sendo desenvolvida entre a parceria do Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac Biotech.

Reforçando a ideia, o Chefe voltou minimizar a necessidade de adquirir a vacina: “O que a gente tem que fazer aqui é não querer correr, não querer atropelar, não querer comprar dessa ou daquela sem comprovação ainda”, ressaltou.

Fonte: Folha Hoje

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/06/18/pilula-do-cancer-comeca-a-ser-testada-em-humanos-pela-universidade-federal-do-ceara/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação