O maior canal de informação do setor

Takasago aposta na reutilização de matérias-primas para criação de suas fragrâncias

168

O conceito de Upcycling está ganhando cada vez mais espaço no mercado de cosméticos e perfumaria. É o que diz um estudo da Ecovia Intelligence, que aponta o crescimento na busca por produtos naturais e orgânicos por parte dos consumidores como o principal fator para esta realidade. Alinhada à tendência, a Takasago – uma das cinco maiores empresas de aromas e fragrâncias do mundo, com operação em 27 países, incluindo o Brasil – aderiu ao processo e reutiliza matérias primas, antes descartadas em outras indústrias, na criação de algumas de suas fragrâncias.

Veja também: A comunidade da Sallve é o espelho da marca, diz Julia Petit

O Upcycling nada mais é do que transformar coprodutos, resíduos e produtos antes considerados descartáveis em novos materiais. O conceito não é novo, mas, historicamente, estava mais ligado à moda e à alimentação, ganhando espaço no mercado de perfumaria e cuidados pessoais recentemente.

Siga nosso Instagram

Segundo a Ecovia Intelligence, a sustentabilidade também é um importante fator de impulso para o crescente uso de ingredientes de origem vegetal e natural nas fórmulas dos cosméticos. Muitas empresas têm reaproveitado materiais à base de plantas para ingredientes de cosméticos e, paralelamente, começaram a utilizar matérias-primas secundárias.

O perfumista da Takasago Aurélien Guichard, afirma que usa muitos ingredientes reciclados em suas criações. Segundo ele, a princípio, não percebeu que eram materiais reutilizados e fez a opção devido a seu odor, beleza, poder e complexidade. ‘A parte olfativa é muito nobre e rica. Você pode usar ingredientes reciclados sem comprometer a qualidade da fragrância’, disse. Em uma de suas criações, por exemplo, estão os ingredientes reciclados cistus absoluto da Andaluzia, na Espanha, que dá textura de couro de qualidade, e o óleo de madeira Guaiaco do Paraguai, escolhido por sua profundidade. ‘Ambos são absolutamente lindos. A qualidade vai garantir que quem os produz terá negócios por muito tempo’.

Um bom exemplo de material proveniente do Upcycling na Takasago é a Hinoki, madeira japonesa oriunda de uma árvore considerada sagrada, tradicionalmente usada em banhos terapêuticos e espirituais, além da construção de templos e santuários no país. Inicialmente, elas são usadas na indústria de carpintaria e os resíduos do corte de árvores de florestas manejadas, em colaboração com as autoridades locais e a população, são recuperados para se tornarem óleos essenciais, gerando desenvolvimento sustentável e efeito positivo para a comunidade.

A Takasago, em seu compromisso com a sustentabilidade, aderiu ao processo para as produções de suas fragrâncias, tendo como mote principal ‘transformar desperdício em tesouro’. Para isso, sempre busca parceiros de confiança, a fim de garantir o abastecimento de longo prazo de produtos residuais. O processo se junta à já consagrada palheta ‘Green Chemistry’ da empresa, que contém ingredientes sustentáveis.

Fonte: Portal AB Noticias News

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação