fbpx
O maior canal de informação do setor

Vacinas que são obrigatórias no Brasil

Você sabe quais vacinas são obrigatórias? As dúvidas sobre vacinação ainda são muito frequentes e, por isso, a Doctoralia disponibiliza a seção “Pergunte ao especialista” que, de forma gratuita e anônima, permite a qualquer pessoa entrar na plataforma e fazer perguntas sobre saúde que serão respondidas por especialistas.

Segundo o Ministério da Saúde, existe um investimento anual de R$ 3,9 bilhões na compra de 300 milhões de doses de vacinas contra 20 tipos de doenças. Confira a lista de vacinas que fazem parte do calendário de vacinação brasileiro para que o paciente fique ciente da importância da imunização.Foto: Divulgação

Vacinas que são obrigatórias no Brasil

BCG
É uma vacina aplicada em uma única dose e protege a criança contra a tuberculose. Normalmente, é a primeira que o bebê toma já nas primeiras horas de vida. Ela deve ser aplicada antes do primeiro mês de vida.

DTP E HIB
Também com o nome de vacina Tetravalente, ela protege o bebê contra difteria, tétano, coqueluche e meningite. Aplicada em três doses – aos dois, quatro e seis meses do bebê. É preciso ainda receber mais duas doses de reforço, sendo uma quando a criança completa um ano e três meses e outra aos quatro anos.

HEPATITE B
No total são três doses contra Hepatite B, que são aplicadas após o nascimento, a segunda no primeiro mês do bebê e a terceira com seis meses de idade.

PNEUMOCÓCICA 10
Combate a pneumonia, a meningite e a otite. São aplicadas doses aos dois, quatro, seis e doze meses de vida.

VORH
A Vacina Oral de Rotavírus Humano imuniza o bebê da diarreia provocada pelo micro-organismo conhecido por rotavírus. Aplica-se aos dois meses de idade e aos quatro meses.

VOP
A Vacina Oral Poliomielite protege a criança contra a chamada paralisia infantil e deve ser aplicada aos quatro meses de idade e aos seis meses. O reforço é necessário quando a criança atinge um ano e três meses de vida.

MENINGOCÓCICA C
Contra a meningite, a primeira dose da vacina é aplicada aos três meses de vida. A segunda dose aos cinco meses e a terceira dose com um ano e três meses de idade.

FEBRE AMARELA
Apesar de agora estarmos alertas à febre amarela, os brasileiros tomam a vacina pela primeira vez aos nove meses de vida. Antes era necessário toma-la de 10 em 10 anos, mas desde 11 de julho de 2016, a OMS afirmou não ser necessário novo certificado por não ser preciso tomar uma nova dose da vacina. A dose única imuniza pelo resto da vida.

SCR
Também conhecida como tríplice viral, previne contra a caxumba, rubéola e sarampo, e deve ser tomada em dois momentos: quando a criança atingir os 12 meses de idade e aos quatro anos de idade.

Fonte: Liberal

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra