fbpx
O maior canal de informação do setor

Vendas da Unilever crescem 5% no primeiro trimestre

872

A anglo-holandesa Unilever informou que a melhora no ambiente econômico brasileiro permitiu reajustar preços no primeiro trimestre deste ano. No período, as vendas da multinacional no país cresceram 5% em valor. Richard Williams, diretor de relações com investidores, disse que a subsidiária brasileira teve um trimestre “promissor”. “Esperamos que este cenário continue”, afirmou em teleconferência com analistas no fim da semana passada.

 

O Brasil é o segundo maior mercado para a fabricante de bens de consumo. Graeme Pitkethly, diretor financeiro, disse que as perspectivas para o segundo trimestre são positivas, considerando que, há um ano, os 11 dias de greve dos caminhoneiros levaram a Unilever a perder € 150 milhões. “Foi um período marcante, com turbulência econômica muito significativa.

 

Mas estamos registrando crescimento em desodorantes, cuidados com o cabelo e produtos de limpeza. Além disso, investindo bastante em inovação”, observou. Globalmente, as vendas da Unilever no primeiro trimestre cresceram 3,1%, para € 12,4 bilhões, na comparação com igual período de 2017.

Fonte: Valor

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/01/24/executiva-troca-a-pg-pela-unilever-nos-eua/

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação