O maior canal de informação do setor

Loja física tradicional = rota para o fracasso

849

Sabe aquela farmácia onde o cliente adquire os produtos para que o balconista ou o farmacêutico de plantão empacotem? Na visão de João Gustavo Pompeo, CEO da consultoria Eyemobile, essa cena terá que ficar no passado para evitar o fracasso nas vendas. Para o especialista, o chamado quick commerce, que preconiza o delivery em até 15 minutos; e o autoatendimento na loja física via tóten ou celular devem ganhar espaço, especialmente em um varejo que lida com saúde e primeiras necessidades. Mais velocidade no atendimento significa mais acesso a dados daquele cliente.

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação