fbpx
O maior canal de informação do setor

Anvisa cancela aval para spray nasal contra Covid-19  

267
Anvisa cancela aval para spray nasal contra Covid-19   
Foto: Divulgação

 

A Anvisa cancelou a liberação do spray nasal contra a Covid no Brasil nesta quarta-feira (19). A agência havia deferido o pedido da Belcher Farmacêutica autorizando a importação e distribuição do Taffix em 30 de dezembro. O spray é fabricado pela biofarmacêutica israelense Nasus Pharma. As informações são da Folha de S. Paulo

A descrição do produto diz que ele pode ser utilizado para bloquear diversos vírus respiratórios, incluindo o coronavírus, dentro da cavidade nasal. Mas a Anvisa constatou que não foram apresentados estudos clínicos que comprovem essa afirmação, o que torna necessário o cancelamento imediato da liberação.

A previsão da Belcher era que o primeiro lote do Taffix chegaria ao Brasil em fevereiro e estaria disponível nas farmácias a partir da última semana do mês. A farmacêutica informou que o produto é comercializado em mais de 30 países.

Segundo a empresa, após aplicar o spray, uma camada de gel ultrafina é formada na mucosa nasal. Essa proteção evitaria que até 99% dos vírus entrassem nas células presentes no nariz, principal porta de entrada para a transmissão da Covid-19 e outras doenças virais.

Em nota, a Belcher esclarece e reforça que o Taffix, spray nasal que auxilia na proteção contra a infecção por coronavírus, Influenza e vírus em geral, não se configura como um medicamento. Trata-se de um spray nasal em pó que se transforma em um gel na cavidade nasal e cria uma barreira ativa para proteger e desativar os vírus frequentemente encontrados e transportados pelo ar. O

O spray, portanto, se enquadra como um produto para saúde (correlato) de acordo com as normativas e regras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O Taffix caracteriza-se, ainda, como um produto para saúde de classe II, considerado de médio risco e classificado como uma barreira mecânica protetora contra alérgenos e vírus dentro da cavidade nasal. Dessa forma, o spray não se enquadra como um medicamento e não apresenta finalidade terapêutica, curativa ou diagnóstica.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/ranking-do-varejo-farmaceutico/

 

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação