O maior canal de informação do setor

Anvisa faz reunião com Janssen para discutir dose de reforço de vacina antiCovid

332

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizou, nesta sexta-feira (27), uma reunião com o laboratório Janssen-Cilag para discutir informações sobre a necessidade ou não de uma dose de reforço da vacina contra Covid-19 da farmacêutica, a única de dose única disponível no Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde.

Veja também: Grupo DPSP abre 100 novos empregos pelo país

Até o momento, não há dados conclusivos sobre necessidade de dose de reforço da vacina da Janssen, nem sobre o seu uso como dose de reforço para pessoas que tomaram outras vacinas, informou a Anvisa após a reunião.

Siga nosso Instagram

Diante disso, a Anvisa solicitou informações contínuas sobre o desenvolvimento e o andamento dos estudos mais recentes feitos pela Janssen e pediu que eles sejam informados à agência à medida que mais estudos forem concluídos.

A agência também solicitou dados de outras publicações que possam contribuir para a avaliação sobre a necessidade de uma dose de reforço da vacina.

No encontro, ficou acordado que a Anvisa e a Janssen terão uma agenda permanente para acompanhar os dados que estão sendo levantados sobre uma possível dose de reforço.

Aumento de anticorpos

Nesta semana, um comunicado da própria Johnson & Johnson, proprietária da Janssen-Cilag, informou que uma segunda dose da vacina de dose única da Johnson & Johnson resultou em níveis de anticorpos nove vezes maiores do que os registrados 28 dias após as pessoas receberem sua primeira dose.

O resumo do estudo está sendo submetido ao servidor de pré-publicação MedRxiv antes da revisão por pares. Os resultados foram divulgados antes dos resultados do grande ensaio de vacina de duas doses da Johnson & Johnson. Um porta-voz da empresa disse que os resultados estarão disponíveis nas próximas semanas.

Fonte: O Progresso

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação