O maior canal de informação do setor

Anvisa pede mais dados ao Butantan para avaliar a aprovação da aplicação da CoronaVac em crianças

252

Butantan – Após uma reunião na tarde de terça-feira (21), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) pediu mais dados a respeito da CoronaVac – vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac – para avaliar a aprovação da imunização em crianças de 5 a 11 anos.

‘A Anvisa vai encaminhar ao instituto uma série de questionamentos sobre dados que ainda não estão presentes no processo e que impedem a conclusão da análise pela agência’, informou a Anvisa em nota publicada na noite de terça.

‘Na avaliação dos técnicos da Anvisa e dos especialistas externos convidados, há lacunas importantes nos dados apresentados pelo Butantan que ainda impedem afirmar de forma científica o grau de imunidade gerado nas crianças e adolescentes’, prosseguiu a agência.

Já o Butantan disse que ‘agradece às associações médicas que participaram da reunião técnica’ e informou que, com ‘foco no pedido para uso emergencial’, apresentou ‘dados robustos sobre imunogenicidade e segurança do imunizante’.

O Butantan ainda não conseguiu o registro definitivo da CoronaVac no Brasil. Além disso, já teve negado pela Anvisa, em agosto, pedido para uso da vacina em crianças e adolescentes de 3 a 17 anos. Na China, a vacina já é aplicada em crianças acima de 3 anos.

A aplicação do imunizante da Pfizer contra o coronavírus em crianças no Brasil já foi aprovada pela Anvisa.

Fonte: O Sul

Veja Também: https://panoramafarmaceutico.com.br/farmacias-sao-joao-atingem-marca-de-900-lojas/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação