O maior canal de informação do setor

Após falas de Queiroga, Rússia suspende envio de vacinas ao Brasil

213

O lote com 1,1 milhão de doses da vacina Sputnik V, contra a Covid-19, esperado pelos estados do Consórcio Nordeste, não chegará ao Brasil nesta quarta-feira (28). A decisão de suspensão foi tomada pelo Fundo Russo de Investimento (RDIF) após a declaração pública do Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, de que o Brasil ‘não tinha necessidade’ dos imunizantes Sputnik V e Covaxin.

Veja também: Saúde anuncia estudo para avaliar 3ª dose em vacinados com Coronavac

Uma reunião com o Ministério da Saúde da Rússia e com os governadores dos estados do consórcio, formado por Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe, foi marcada para esta quarta (28) para resolver o impasse.

Siga nosso Instagram

A importação das vacinas russas foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pelo mecanismo chamado importação excepcional e temporária. Entretanto, a agência determinou que apenas 1% da população dos estados solicitantes fossem vacinadas com o imunizante e que o uso enfrentaria algumas restrições quanto à faixa etária e quadro de saúde dos vacinados.

Fonte: O Liberal – Belém (PA)

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação