O maior canal de informação do setor

Através de suas marcas, Kimberly-Clark oferece produtos com ingredientes e embalagens sustentáveis

78

A Kimberly-Clark, multinacional norte-americana especializada em produtos de higiene pessoal, vem acompanhando a transformação do perfil do consumidor, que, além da mudança em seus hábitos de compra, está mais atento a questões ambientais e por isso tem escolhido produtos que estejam mais alinhados à sustentabilidade. Estudo da IBM aponta que cerca de 40% dos consumidores afirmam que os fatores de impacto ambiental são mais importantes do que custo, conforto e conveniência no momento da decisão de compra.

O cuidado da Kimberly-Clark com a sustentabilidade está presente em todas as suas ações e etapas de produção e percebendo que seu consumidor exige cada vez mais que as empresas tomem medidas efetivas para a preservação ambiental, a companhia vai procurando inovar, desenvolvendo produtos, embalagens e revendo suas formulações, para sempre apresentar alternativas que estejam alinhadas com os valores e propósitos de seu público.

Entre os compromissos globais de sustentabilidade assumidos pela Kimberly-Clark até 2030, está a redução do uso de plástico virgem à base de fósseis em 50%. Para ajudar no cumprimento de sua meta, a companhia apresentou, em junho deste ano no Brasil, a linha Neve Puro e Natural, que usa embalagens feitas de Polietileno verde (PE) que se as tornam sustentáveis e 100% reciclável.

Além disso, em 2020, a linha Huggies lançou uma versão de embalagem refil para o Sabonete Líquido Extra Suave de 200ml. O novo formato tem uma redução de uso de plástico se comparado a embalagem tradicional. Além de disponibilizar embalagens econômicas de 600 ml.

Jornada de Sustentabilidade

A Kimberly-Clark vem em uma jornada importante e de constante evolução em relação a sustentabilidade, com um olhar bastante atento a todas as etapas de produção e logística para identificar quais os impactos do negócio no meio ambiente e quais as estratégias necessárias para reduzir esse impacto. Desde 2009, após a criação de Políticas Global de Fibras, todas as linhas de produção tissue no país são certificadas pelo FSC®(Forest Stewardship Council®)*.

Além disso, em 2020 a companhia atingiu o marco de Aterro Zero em todas as nossas unidades, o que significa que nenhum excedente de produção é descartado em aterros sanitários. De polímeros à matéria orgânica gerada nos restaurantes das fábricas, tudo é reaproveitado de alguma forma e nada vai para o lixo.

Outro projeto que olha para a questão da sustentabilidade é o programa ‘Dê a Mão Para o Futuro’, que atende a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/10), coordenado pela ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) e realizado em parceria com a ABIPLA (Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza e Afins) e a ABIMAPI (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados).

O programa tem como princípio a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos e atua apoiando redes e cooperativas de catadores de materiais recicláveis. Ele é implementado no âmbito da Logística Reversa de Embalagens, com abrangência nacional, de forma a atender a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Fonte: Cidade Marketing

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/kimberly-clark-tem-lucro-de-us-681-milhoes-no-2o-trimestre/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação