fbpx
O maior canal de informação do setor

Blanver viabiliza terapia 100% nacional contra o HIV no SUS

2.787

Blanver viabiliza terapia 100% nacional contra o HIV no SUS

A Blanver Farmoquímica e Farmacêutica avança mais uma etapa na estratégia de reforçar presença na saúde pública com medicamentos inovadores. Desde o último dia 24, o SUS passou a disponibilizar o dolutegravir com produção 100% nacional. O remédio produzido pela companhia brasileira é usado contra o HIV e deve gerar R$ 80 milhões de economia anual para os cofres do governo.

A oferta do medicamento, disponível em versão de 50 mg com comprimidos revestidos, é resultante de uma Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP) com o Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco (Lafepe), vinculado ao governo estadual e que mantém convênio com o Ministério da Saúde. O acordo prevê 79,5 milhões de comprimidos em escala nacional até o fim do ano.

Blanver viabiliza terapia 100% nacional contra o HIV no SUS“Mais do que preencher uma demanda premente de saúde, vamos reduzir a vulnerabilidade do SUS com a produção verticalizada e fomentar as estratégias de combate ao vírus”, destaca o CEO da Blanver, Sérgio Frangioni.

A PDP ainda contempla a transferência de tecnologia e produção, em um cronograma que se estenderá por cinco anos. Na primeira etapa, a Blanver entregará o medicamento acabado ao Lafepe. Por fim, em 2026 o laboratório pernambucano terá o domínio sobre todo o processo produtivo do medicamento. Já as empresas CYG Biotech, que faz parte da Blanver; e Nortec Química nacionalizam o IFA.

Do coquetel de 22 remédios usados contra a Aids no Brasil, cinco são adquiridos do Lafepe – responsável, ainda nos anos 1980, pelo acesso dos brasileiros ao primeiro antirretroviral que integrava o coquetel anti-HIV. “E esse medicamento de primeira linha representa um importante avanço na luta contra o vírus, na medida em que agrega tecnologia para o laboratório e nos permite atender com ainda mais eficácia os protocolos do Ministério da Saúde”, comenta o diretor comercial do Lafepe, Djalma Dantas.

Referência pública na produção de medicamentos

Fundado em 1965, o Lafepe é considerado uma referência nacional na produção de medicamentos. É o fabricante oficial do benznidazol, voltado ao tratamento do Mal de Chagas, além de ser o único fornecedor do hipoclorito de sódio 2,5% – para combate à cólera – e dos antipsicóticos clozapina, quetiapina e olanzapina. Classificado como um dos três maiores laboratórios públicos do país, mantém ainda uma fábrica responsável pela produção de óculos de marca própria, distribuídos a farmácias, prefeituras e a alunos e funcionários de escolas públicas do estado.

Atributos do medicamento

O dolutegravir é indicado para o tratamento do HIV em combinação com outros agentes antirretrovirais. Poderá ser consumido por adultos e também crianças com pelo menos seis anos de idade e peso superior a 20 kg. Pertencente ao grupo dos inibidores de integrasse, o medicamento não atua na cura da infecção, mas reduz a carga viral no organismo e a mantém em um nível baixo.

Além disso, o remédio promove o aumento na contagem das células CD4, tipo de glóbulo branco do sangue que exerce importante papel na manutenção do sistema imune. Para evitar o agravamento da doença, o paciente deve seguir com a ingestão dos demais medicamentos prescritos, a menos que o médico recomende a interrupção do tratamento.

No Brasil, 694 mil pacientes estão em tratamento contra o HIV. De acordo com o Ministério da Saúde, esse número corresponde a uma cobertura de 81% das pessoas diagnosticadas com o vírus no país.

BLANVER

Fundação: 1984
Estrutura: 2 plantas no estado de São Paulo – 1 unidade farmacêutica em Taboão da Serra (Região Metropolitana) e 1 unidade de produção de insumos
farmacêuticos ativos em Indaiatuba (interior)
Segmentos de atuação: HIV, hepatite e osteoporose. Mantém ainda alianças com parceiros internacionais para licenciar produtos nas áreas de oncologia e hematologia

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação