fbpx
O maior canal de informação do setor

Brasil confirma mais 1.254 mortes e 56.002 casos de coronavírus em 1 dia

493

O Brasil tinha 9339.420 casos e 227.563 mortes confirmadas por covid-19 até as 18h30 desta 4ª feira (3.fev.2021), segundo informou o Ministério da Saúde. São 56.002 diagnósticos e 1.254 vítimas a mais do que o registrado no dia anterior.

Veja também: Médico paraibano é diagnosticado com covid-19 duas semanas após tomar vacina

O governo afirma que 8.236.864 pessoas estão recuperadas da doença, e 874.993 permanecem em acompanhamento.

Siga nosso Instagram

Só os Estados Unidos têm mais vítimas que o Brasil. São 461.369 mortos, segundo o monitor Worldometer, consultado às 20h45 desta 4ª (3.fev).

O número de mortos no Brasil também é elevado na comparação proporcional. São 1.075 mortes por milhão de habitantes segundo cruzamento de dados do Ministério da Saúde com a última estimativa populacional divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A taxa coloca o Brasil na 22ª posição do ranking mundial. O país ultrapassou a Argentina na 6ª (29.jan). Em 31 de outubro, o Brasil ocupava o 4º lugar.

A Bélgica é o país em que a covid-19 mais mata em relação ao tamanho da população. São 1.822 mortes por milhão de habitantes. Entenda aqui os motivos dos números belgas.

Vacinados

O Brasil vacinou pelo menos 2.677.370 pessoas contra o coronavírus até 16h45 desta 4ª feira (4.fev.2021). Os dados são do CoronavirusBot, que complica dados do Ministério da Saúde e das secretarias estaduais de saúde.

O país já aplicou 12.644 doses a cada milhão de habitantes. O número de vacinados contra o coronavírus representa 1,3% da população brasileira.

Saiba mais nesta reportagem.

MÉDIA MÓVEL DA MORTES E CASOS

Os 2 gráficos a seguir mostram o número de mortes e de novos casos diários, mas também a média móvel dos últimos 7 dias. A curva matiza eventuais variações abruptas, sobretudo porque nos fins de semana há sempre menos casos relatados.

A curva de mortes está acima de 600 desde 8 de dezembro de 2020. Voltou a superar 1.000 em 21 de janeiro. Agora, a média móvel está em 1.057.

Já a média de novos casos ficou acima de 50.000 de 9 de janeiro a 2 de fevereiro. Ficou em 48.935 nesta 4ª feira.

DATA DO REGISTRO DA MORTE X DATA REAL DA MORTE

Os registros de mortes não se referem a quando alguém morreu, mas ao dia em que o óbito por covid-19 foi informado ao Ministério da Saúde. Aos fins de semana há menos registros não porque morrem menos pessoas, mas porque há menos capacidade operacional (menos funcionários) das secretarias estaduais de saúde em reportar e, do ministério da Saúde, em compilar os dados.

É comum que mortes confirmadas em um dia por um Estado acabem, por algum problema técnico, sendo reportadas ao governo federal apenas no dia seguinte.

Eis como funciona a notificação:

Os registros de mortes são divulgados diariamente, por volta das 18h, pelo Ministério da Saúde neste site e em imagens de tabelas enviadas pela pasta a jornalistas. Eis um exemplo:

A data real da morte pode demorar até 9 meses para ser confirmada. O número de óbitos divididos pelo dia em que realmente ocorreu é divulgado nos boletins epidemiológicos semanais do Ministério da Saúde. É um número que é atualizado (e tende a aumentar para os dias mais recentes) a cada edição do boletim, já que depende da confirmação da data da morte. Muitas vezes a notificação das mortes pelas secretarias Estaduais chega sem a confirmação do dia exato em que ela ocorreu. Os boletins epidemiológicos são divulgados neste site. O Poder360 realiza reportagens com esses dados. Leia a mais recente aqui.

Fonte: MSN

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação